icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/03/2014
16:59

O Marcílio Dias iria completar 95 anos nesta segunda-feira, então, a Chapecoense tratou de evitar comemorações antecipadas do adversário. Neste domingo, na Arena Condá, a Chape venceu por 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por Régis, que chamou a atenção em suas comemorações.

Nos dois lances de gol, o camisa 10 do Verdão levou o dedo a frente da boca, em aparente gesto de silêncio para a torcida. Alguns torcedores responderam com o grito de 'eu ajudo a pagar o teu salário'. Régis, artilheiro do Campeonato Catarinense com sete tentos, disse que o ato foi para um torcedor específico, que havia criticado seu colega Dieguinho:

- Torcedor tem que apoiar ao invés de criticar.

Além da comemoração que gerou rebuliço na torcida, o meia ainda foi prestar continência ao técnico Gilmar Dal Pozzo:

- Eles podem responder melhor mas foi um gesto de respeito com o comandante - afirmou o treinador.

A Chapecoense se mantém em quarto lugar, mas soma, agora, seis pontos, empatada nesse critério com Marcílio Dias.