icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2013
00:19

O Corinthians reencontrará o Pacaembu neste domingo, contra o Vasco. E sem Alexandre Pato. O camisa 7 levou o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Coritiba, por 1 a 0, e terá de cumprir suspensão automática.

A ausência chama atenção, já que o atacante é o jogador mais pressionado pela torcida há dias. Desde que perdeu o pênalti na Copa do Brasil, após uma tentativa frustrada de cavadinha, Pato não teve mais paz. Seu nome foi colocado em faixas de protesto e foi usado em gritos de guerra das principais torcidas organizadas do clube.

O que causa estranheza é a sequência de cartões. Depois de ser advertido apenas uma vez nos 25 primeiros jogos do Brasileirão, o atacante levou dois em sequência: Fluminense e Coritiba. Com as três advertências, o reencontro dele com o Fiel no Pacaembu está adiado - última partida no estádio será contra o Internacional, no dia 1º de dezembro.

A situação de Alexandre Pato no Corinthians não é das melhores. A diretoria já percebeu a falta de identificação dele com a torcida, o que fará com que seja liberado em caso de proposta da Europa na janela de transferência. Isso claro, se a proposta do interessado chegar a 12 milhões de euros.

A postura do camisa 7, que virou analogia com a maneira de ser do personagem Lucas Silva e Silva do seriado "Mundo da Lua" é um dos motivos que deve prejudicar sua permanência no clube na próxima temporada.

Com gol de Guilherme, Corinthians emplaca segunda vitória