icons.title signature.placeholder Alexandre Barz
26/06/2014
16:07

Contratado em janeiro, o volante Rodrigo Souto não conseguiu ter uma boa sequência de jogos no primeiro semestre. No Campeonato Carioca, o jogador até iniciou como titular no time reserva que disputou a competição. No entanto, após sofrer com algumas lesões musculares, além de um problema dentário, não conseguiu mais se reencontrar.

Agora, com mais de um mês para trabalhar e sem competições, já que o Brasileirão está parado para a disputa da Copa do Mundo, Rodrigo espera conseguir escrever uma história diferente com a camisa alvinegra.

- Passei por um período em que tive muitas lesões por conta do siso que tive que arrancar. Fiquei dois meses parado, quando entrando em forma, me machuquei de novo. Agora tenho que trabalhar, aproveitar esta pré-temporada para ajudar o grupo mais à frente - disse Rodrigo, em entrevista coletiva, nesta quinta-feira.

Pelo tempo que ficou no departamento médico, Rodrigo está com saudades de trabalhar com bola, coisa que tem ocorrido pouco neste período. No entanto, para o volante, estes dias de treinos serão fundamentais para o técnico Vagner Mancini.

- Sabemos que é muito difícil ter este tempo no decorrer do Brasileirão. É bom para aprimorarmos a forma física e para nos entrosarmos - disse Rodrigo, comentando sobre um dos fatores que atrapalhou o time no início do Brasileirão, na opinião dele:

- Para mim, nos faltou um pouco de entrosamento. O Mancini teve de mudar muito por lesão ou por questões táticas, por opção dele. No campeonato, quando se mantém a equipe é importante.