icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/06/2014
18:26

Sem jogar desde a vitória sobre o Zamora por 1 a 0, no dia 10 de abril, pela Copa Libertadores, o lateral-direito do Atlético-MG Marcos Rocha se reapresentou junto ao grupo nesta semana e fará parte da delegação alvinegra que irá excursionar na China durante a Copa do Mundo.

Marcos Rocha falou que vai aproveitar os amistosos contra Guizhou Renhe, Jiangsu Shuntian, e Guangzhou Evergrande para melhorar a parte física.

- A gente queria estar com o grupo completo, mas vamos lá, para a China, aproveitar esses dez, onze dias para, falando por mim, aprimorar a parte física, e meus companheiros para dar sequência ao trabalho que o Levir vem passando - comentou o lateral.

Marcos Rocha declarou que foi difícil acompanhar do lado de fora as decisões que o clube participou enquanto estava lesionado. O lateral-direito ainda disse quais são os objetivos do Galo para o resto da temporada.

-Tentei voltar antes, briguei com os médicos, cheguei até a chorar dentro do vestiário, querendo voltar para ajudar meus companheiros. Fiquei de fora de duas decisões importantes para o Atlético, no Campeonato Mineiro e o jogo da Libertadores. Infelizmente, acabei ficando de fora, na torcida. Não conseguimos nesse primeiro semestre nossos objetivos e, agora, vamos aproveitar essa parada para colocar as ideias em dia, buscar o primeiro objetivo, que é a Recopa, e dar continuidade no Campeonato Brasileiro porque temos a possibilidade de ser campeões - completou.

Quando voltar à campo, será a primeira vez que Marcos Rocha será comandado pelo técnico Levir Culpi. E o lateral-direito afirmou que deseja ter mais liberdade ofensiva com o atual treinador do que tinha com Paulo Autuori.

- Com o Paulo, eu ficava mais defensivo, isso acabou me prejudicando um pouco, mas também aprendi a jogar mais posicionado. Mas a minha vontade é jogar livre, com liberdade para ajudar os companheiros no ataque. Ainda não tive a oportunidade de conversar com o Levir sobre meu posicionamento, mas, com certeza, ele vai perguntar a minha opinião e vou passar isso para ele, que gosto de jogar com liberdade, chegando ao ataque, mas não esquecendo a minha responsabilidade na defesa - concluiu Marcos Rocha.


A delegação alvinegra emabarcará para a China para a disputa dos três amistosos no dia 16 de junho e tem retorno marcado para 30 de junho.