icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/07/2014
19:35

O volante Ricardo Conceição analisou os dois jogos-treinos que a Chapecoense irá disputar até a volta do Campeonato Brasileiro. Na quinta-feira, a Chape enfrentará o Caxias, no Estádio Centenário, já no sábado, o confronto será contra o Juventude, no Estádio Alfredo Jaconi.

- É bom para termos um parâmetro. Quando você veste a camisa, amistoso já começa a virar jogo. Então é importante a gente já começar num ritmo forte para chegar bem no momento do jogo - destacou.

Além de falar sobre as partidas amistosas do Verdão do Oeste, Conceição comentou a respeito de seu tratamento durante esta paralisação do Brasileiro e da ansiedade para retornar a competição. O jogador do Verdão do Oeste se recuperou de uma lesão muscular na coxa.

E MAIS:
> Buscando ritmo de jogo, Fabinho Alves exalta jogos-treinos da Chape
> De olho no Brasileiro, lateral da Chape garante: 'Todo jogo será um decisão'
> Atacante da Chapecoense fala sobre espera pela volta do Brasileirão

- Houve um tempo bom nessas férias, eu fiquei trabalhando, então recuperei bem. Mas é normal a parada, todas equipes pararam e ano de Copa do Mundo é assim, já passei por isso. Então eu acho que a ansiedade vai vir mesmo num momento próximo ao jogo. Agora é hora de trabalho, de concentração, e é isso o que a gente está fazendo - explicou.

A Chapecoense retornará ao Brasileirão no dia 16 de julho, às 18h30, em partida contra o São Paulo, no Morumbi. Pensando no confronto, Ricardo Conceição ainda falou sobre a briga pela titularidade na equipe alviverde.

- É normal, toda equipe tem disputa no meio, atrás, na frente, isso é normal. São mais de trinta jogadores, todos com condições de ser titular. Então essa disputa é válida e tem que ser assim, intensa nos treinamentos para que o grupo todo esteja em condições - finalizou.