icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/11/2013
13:56

O técnico Muricy Ramalho ganhou nesta sexta-feira um "reforço" para o jogo de domingo, contra o Criciúma, pelo Campeonato Brasileiro. Recuperado de uma contratura no músculo adutor da coxa direita, o meia Jadson participou do treino e está liberado pelos preparadores físicos para ficar à disposição do treinador.

Logo após a derrota para o Fluminense, no último dia 17, no Maracanã, o camisa 10 são-paulino ficou sob os cuidados dos fisioterapeutas do clube para tratar a lesão no Reffis. Nesta sexta, trabalhou sem limitações aparentes e conseguiu boa movimentação durante a atividade técnica realizada no campo de showbol do CT.

Embora retorne à equipe e Muricy tenha a intenção de testar alguns jogadores menos aproveitados nesta reta final de temporada, Jadson deverá ser apenas opção no banco diante do Criciúma por conta da falta de ritmo. A falta de oportunidades na equipe titular, inclusive, pode fazer com que o meio-campista deixe o São Paulo em 2014.

O meia de 30 anos tem mercado e já recebeu sondagens de clubes brasileiros. Grêmio, Santos e Atlético-PR, por exemplo, já mostraram interesse em contar com o atleta para o ano que vem. Seu destino mais provável, porém, é o exterior, em razão dos altos valores que o Tricolor investiu para tirar o meia do Shakhtar Donetsk (UCR) - 4 milhões de euros (R$ 9 milhões, na época).

Jadson é o terceiro artilheiro do São Paulo em 2013, com 11 gols. Luis Fabiano e Aloísio lideram o quesito, com 22 redes balançadas cada um.