icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/06/2014
14:45

Recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda, que o tirou de algumas partidas do Botafogo no Campeonato Brasileira, antes da parada na competição para a disputa da Copa do Mundo, o meia-atante Daniel garante estar totalmente recuperado e com ânimo renovado. Segundo ele, durante as férias, de 15 dias a que o elenco alvinegro teve direito, o jogador, de 20 anos, contou que trabalhou para estar preparado para os trabalhos, após a reapresentção, ocorrida nesta semana.

- Claro que machucar nunca é bom, eu queria ter uma sequência de jogos, as coisas estavam dando certo. Aconteceu, e me preocupei em me recuperar para voltar o quanto antes. Na folga me preocupei em não ficar parado. Estou 100% para voltar e quem sabe ter uma grande sequência - disse Daniel, em entrevista coletiva, neste sábado.

Além da lesão, dois outros detalhes deixaram Daniel ainda mais chateado. Uma foi o fato de ela ter acontecido justamente na partida contra o Goiás, em Juiz de Fora, sua cidade natal. A outra foi porque, depois de brilhar na goleada sobre o Criciúma, quando marcou seus primeiros gols pelo Botafogo (três), o jovem, que havia conquistado a posição de titular, teve de quebrar a sequência para se tratar.

Mesmo assim ele permanrce como um dos artilheiros do time no Brasileirão, com o mesmo número de gols que Zeballos, e com um a menos que Emerson Sheik que tem quatro. No entanto, segundo ele, os gols não são uma preocupação.

- A ansiedade rolava mais para sair o primeiro gol. É normal também. A preocupação maior hoje é de sempre estar ajudando a equipe, com bons resultados. Os gols naturalmente vão sair - disse Daniel.