icons.title signature.placeholder Guilherme Abrahão
23/12/2013
07:28

Recém-contratado para o cargo de diretor executivo do clube, Felipe Ximenes não está participando das rodadas de negociações para definir o novo treinador do Fluminense. Isto porque, o dirigente já chegou com o impasse da definição de quem poderia assumir o clube e resolveu deixar as conversas serem conduzidas apenas por Peter Siemsen e Celso Barros.

Porém, na primeira rodada de negociações, quando Felipe Ximenes conheceu e apresentou o projeto ao clube e a Celso Barros, os nomes de Ney Franco, Tite e Renato Gaúcho foram colocados em pauta e o dirigente não criou ressalvas com nenhuma das opções. Na reunião na madrugada de ontem, o dirigente estava fora do Rio.

Assim que definir o comandante, Ximenes começará a trabalhar, em parceria com Peter e o próprio Celso, possíveis reforços para 2014. Porém, o aporte da Unimed dependerá da escolha por Renato. O dirigente já está mapeando o mercado e já tem uma lista de nomes para serem apresentados à diretoria e ao novo treinador assim que a definição for confirmada.

Além disso, Felipe Ximenes também aguarda a lista que será elaborada pelo novo técnico, para saber se será viável buscar tais nomes. Renato Gaúcho, na reunião de domingo pela madrugada, já deu alguns nomes, mas nada foi definido e nenhum jogador foi contactado.

Nos bastidores, Ximenes já tem conversado com alguns empresários para saber as disponibilidade de alguns atletas e tem passado o perfil dos jogadores para o presidente tricolor, Peter Siemsen.