icons.title signature.placeholder Enrico Bruno
30/04/2014
19:42

A fase de Ronaldinho Gaúcho não segue lá das melhores no Atlético-MG. O camisa 10 do Galo, assim como outros companheiros, principalmente do setor ofensivo, seguem questionados e cobrados por melhores apresentações dentro de campo, o que não tem ocorrido. Com menos de uma semana no time mineiro, o técnico Levir Culpi comentou sobre o comportamento de Ronaldinho Gaúcho no dia a dia e disse não perceber nada de errado com o atleta.

- Não percebi nada diferente, um tipo introvertido, se relaciona bem com todo mundo. Todos gostam de ver o Ronaldinho por tudo o que fez, é um cara que tem grande responsabilidade. Para manter os números dele não é fácil, então é natural que haja uma queda por isso - comentou o treinador, desmentindo uma possível insatisfação do jogador.

Levir ainda revelou ter conversado com Ronaldinho e voltou a falar sobre a relação dos números com o futebol para se sair bem no mundo do futebol.

E MAIS:
> Recuperado de incômodo muscular, Tardelli fala em 'suar sangue' nesta quinta
> Victor quer garantir resultado nos 90 minutos, mas diz estar preparado para pênaltis

- O Ronaldinho foi melhor jogador do mundo porque fazia gols todos os jogos, assistências, tinha características, categoria para jogar, mas também tinha números. Se ele parar de fazer gols aqui, foi o melhor o mundo, ele tem de querer ser novamente o melhor do mundo. Jogador tem de ter sonho, vontade, se não tiver, é melhor sair do time - completou o treinador.

Embora questionado, o craque e principal estrela do time segue no time titular do Galo. Na partida desta quinta-feira, o camisa 10 estará mais uma vez em campo, formando o ataque alvinegro ao lado de Tardelli, Fernandinho e Jô.