icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/04/2014
17:18

A corintiana Viviane Teles não é fanática, mas ao se mudar para o Rio de Janeiro sentiu na pele o que o amor pelo futebol pode fazer. Mais especificamente, o amor pelo Botafogo.

Havia poucos dias que a bancária estava no Rio. Dividia um apartamento em Botafogo e estava deitada na parte de cima da beliche, nem dormindo, nem acordada.

- Foi quando ouvi gritos desesperados de fogo. As pessoas gritavam: Fogo! Fogo!! Eu desci da cama num pulo, que nem sei como consegui, saí do quarto e corri para o corredor só de camisola. Eu queria descer pelas escadas. Estava com muito medo. Eu avisava a todos que o prédio estava pegando fogo - explicou.

A confusão foi desfeita depois que a colega de apartamento, acostumada com o "fogaréu", avisou:

- Calma que foi gol do Botafogo.

Era a partida de estreia na fase de grupos da Libertadores deste ano, contra o San Lorenzo (ARG), vencida por 2 a 0 pelo Glorioso.

- Só depois que a ficha caiu. As pessoas gritavam muito desesperadas ou eu estava em outro mundo - lembrou.

A história de fanatismo pelo Botafogo reacendeu a chama corintiana em Viviane. Morando no Rio, um pouco mais perto do Timão, ela já fez promessa:

- Nunca vi um jogo do Timão ao vivo. Agora não quero perder um jogo do Corinthians aqui no Rio. Vou ao estádio em todos.