icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2013
21:26

Disposto a atingir 46 pontos e ficar muito próximo de acabar com o risco de rebaixamento no Brasileirão - projeção matemática é de 47 - , o São Paulo venceu a Portuguesa por 2 a 1, neste sábado, chegou à sua zona de segurança e mais: dorme como o melhor paulista da competição, em oitavo lugar, colado no G4. Com o Morumbi em clima de jogo decisivo com 50 mil torcedores, o Tricolor dominou o clássico nos dois tempos e venceu com gol de Aloísio, aos 32 do segundo tempo. É o nono jogo seguido sem derrotas do time de Muricy Ramalho em 2013.

Rodrigo Caio abriu a contagem, mas Luis Ricardo igualou para a Portuguesa, ainda no primeiro tempo. O camisa 2 da Lusa é o principal alvo da diretoria tricolor para 2014 e mostrou o "cartão de visitas" jogando no Morumbi. Já na etapa complementar, o Boi Bandido aproveitou uma das frequentes falhas da defesa da Lusa e deixou sua marca outra vez. Com o resultado, o São Paulo se torna o melhor paulista do Brasileirão, com 46 pontos - seis atrás do Atlético-PR, que abre o G4. Já a Lusa fica em 14º, com três pontos de vantagem em relação à zona de rebaixamento.

O placar do primeiro tempo foi construído em um jogo igual - negativamente. Os times ainda estavam na fase de estudar um ao outro, sem pressa, quando Douglas aproveitou um espaço do lado esquerdo do ataque e levantou no meio da área. Preciso, Rodrigo Caio se adiantou à marcação e desviou de cabeça, também à esquerda de Lauro, logo aos oito minutos. Nos primeiros minutos de partida, a bola aérea ficou sendo o único recurso do time tricolor, já que a bola praticamente não parava no meio-campo - de volta ao time, pouco apareceu.

Ligações diretas entre a defesa e o ataque, saída de bola deficiente e levantamentos na área são os elementos que resumem o primeiro tempo do São Paulo no Morumbi, já que o time dominou com quase 60% de posse de bola, mas conseguiu acertar apenas três finalizações. A Portuguesa também sofreu com a má pontaria nas poucas oportunidades que teve - a melhor delas foi só aos 35 minutos, quando Souza levantou na área em cobrança de falta e Bruno Henrique cabeceou rente à trave de Rogério Ceni.

O São Paulo jogava pouco pelo chão e criou suas principais jogadas na base da marcação na saída da Lusa, que teve a zaga vivendo uma noite bem pouco inspirada. Aloísio contagiou os companheiros na briga pela bola e duas chances foram criadas dessa maneira: aos 29, quando Ademilson quase marcou após rebatida de Valdomiro, e aos 34, quando Douglas chutou forte após o Boi Bandido levar a melhor no corpo.

Nos últimos jogos, as falhas da defesa tricolor têm ficado evidentes, e neste sábado não foi diferente: Bruno Henrique, um dos principais nomes da Lusa em campo, levantou a bola na área, nenhum são-paulino sequer entrou no caminho e Valdomiro cabeceou para o lado esquerdo. Sem ameaças da marcação, a sobra ficou nos pés de Luis Ricardo, um dos principais alvos do São Paulo para 2014, que acertou o canto esquerdo de Rogério Ceni para deixar tudo igual, já aos 41.

O São Paulo teve chance de ficar à frente do placar com Ademilson, que chutou muito por cima da meta uma jogada criada após saída errada da Lusa, já aos dez do segundo tempo. Para o alto, Maicon também desperdiçou oportunidade aos 30, em segundo tempo marcado pela baixa qualidade do futebol dos dois lados. Dois minutos depois, Lauro saiu errado em bola espirrada, Ademilson cruzou na área e Aloísio apareceu para concluir com precisão. Na base da voadora, o Tricolor chega ao seu nono jogo seguido sem perder - no Brasileirão, são seis partidas (cinco vitórias e um empate).

PRÓXIMOS JOGOS - O Tricolor volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro apenas no próximo domingo, às 17h, contra o Atlético-PR, pela 33ª rodada. Antes disso, no entanto, a equipe decide sua vida na Copa Sul-americana. Na quarta-feira, o time visita o Atlético Nacional na Colômbia, pelo segundo jogo das quartas de final. O primeiro, no Morumbi, terminou com vitória por 3 a 2. Já a Portuguesa, pelo Brasileirão, entra em campo no sábado, quando recebe o Coritiba às 19h30.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 1 PORTUGUESA

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 2/11/2013 – 19h30
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Vicente Romano Neto (SP)
Renda e público: R$ 623.129,00 / 50.802 pagantes
Cartões amarelos: Denilson (SPA)
Gols: Rodrigo Caio, aos 8'/1ºT (1-0); Luis Ricardo, aos 41'/1ºT (1-1) e Aloísio, aos 32'/2ºT (2-1)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Denilson, Maicon, Douglas (Welliton - 30'/2ºT) e Ganso; Ademilson (Wellington - 40'/2ºT) e Aloísio (Lucas Evangelista - 44'/2ºT). Técnico: Muricy Ramalho.

PORTUGUESA: Lauro, Luis Ricardo, Lima, Valdomiro e Rogério; Willian Arão, Bruno Henrique (Wanderson - 31'/2ºT), Moisés e Souza (Henrique - 37'/2ºT); Marcelinho (Bruninho - 21'/2ºT) e Gilberto. Técnico: Guto Ferreira.