icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
17/03/2014
18:04

Ficar atrás de Botafogo-SP e Ituano no Grupo B do Paulistão e não figurar entre os oito classificados para a próxima fase da competição mudaram a perspectiva da diretoria do Corinthians em relação a reforços.

- Vamos procurar as soluções de planejamento e futuras contratações para que possamos qualificar o elenco. Temos de sentar com calma, ver as posições que podemos qualificar para tornar o elenco mais forte - afirmou Edu Gaspar, que não citou as posições mais carentes do elenco.

Questionado pela reportagem do LANCE!Net se haveria dinheiro para buscar qualificações, o gerente de futebol do clube preferiu falar de uma maneira genérica, sem especificar se há dinheiro em caixa ou não.

- É um trabalho interno que temos de fazer, temos de correr atrás, tentar negociar da melhor forma possível, ficarmos atentos ao mercado, jogadores que podem estar em um momento não muito bom mas que possam nos ajudar... É um trabalho que temos de fazer para tentar viabilizar esses reforços - afirmou.

A reformulação recente do elenco do Corinthians fez com que jogadores experientes e vitoriosos deixassem o CT, chegando outros que vieram de equipes menores, sem a mesma trajetória dos antecessores. Para Edu Gaspar, um complicador.

- O elenco é novo, muitas caras novas, o elenco do ano passado já trabalhava há alguns anos junto e isso faz diferença. Quem chegou nós vemos com futuro próspero aqui dentro, mas leva-se um tempo de adaptação, mudança para um clube maior, esquema tático...Tudo tem seu tempo. Acreditamos muito que esse grupo pode ter uma longevidade positiva, quem sabe com umas duas ou três peças para qualificar - finalizou.

A RENOVAÇÃO DO ELENCO CORINTIANO:

Entra Fagner, 24 anos
Tornou-se titular da equipe após a saída de Edenilson para o futebol italiano, desbancando Diego Macedo, que vinha sendo utilizado por Mano Menezes. Ainda deve bom futebol.
Sai Alessandro, 35 anos
Capitão nos principais títulos, pendurou as chuteiras no fim do ano passado. Hoje é coordenador de futebol do clube.

Entra Cleber, 23 anos
Precisou ter paciência porque a sua contratação se arrastou. Após a saída de Paulo André, ainda viu Mano optar por Felipe, que foi mal e abriu caminho para ele atuar ao lado de Gil na zaga.
Sai Paulo André, 30 anos
Titular da equipe nas últimas temporadas, recebeu proposta irrecusável do futebol chinês, foi embora e abriu espaço na zaga.

Entra Uendel, 25 anos
Apesar de ser um dos destaques ofensivos da equipe alvinegra, com um gol e três assistências, está muito mal na parte defensiva. A maioria dos gols sofridos saiu pelo lado esquerdo.
Sai Fábio Santos, 28 anos
Recuperado de duas cirurgias, deve voltar à equipe titular no próximo domingo. Até agora, não conseguiu atuar na temporada.

Entra Bruno Henrique, 24 anos
Teve a primeira chance logo contra o Palmeiras e foi bem. Mantido na equipe titular, tornou-se um dos principais jogadores no período de recuperação da equipe no Campeonato Paulista.
Sai Danilo, 34 anos
Esquema de Mano com três volantes e ótimo início de Jadson fizeram com que o meia perdesse espaço nesta temporada.

Entra Luciano, 20 anos
Um início fulminante no Timão, com quatro gols nos dois primeiros jogos, contra Comercial e Linense, respectivamente. Deve continuar na equipe titular no próximo fim de semana.
Sai Emerson, 35 anos
Perde espaço a cada dia no Corinthians. Não consegue jogar bem há bastante tempo, perdendo gols em sequência.