icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/02/2015
09:42

A situação do Real Madrid não anda realmente boa nos últimos dias. Após a derrota para o Atlético no dérbi da capital e a polêmica festa de aniversário de Cristiano Ronaldo, agora foi a vez do Tribunal Superior de Justiça jogar um balde de água fria nos Merengues. Segundo nota oficial emitida pelo clube, o órgão embargou seu projeto de remodelação do estádio Santiago Bernabéu.

O Real, agora, terá novamente que conversar com a prefeitura de Madri e a comunidade local para reaver o direito da remodelar o estádio. Isso porque a ampliação do complexo do Bernabéu envolve mudanças na arquitetura da cidade espanhola.

E MAIS
- Dia especial! David Villa marca o primeiro da história do New York City

No primeiro acordo, que foi anulado e previa a modificação pontual do Plano Geral de Ordem Urbana, que afeta o Bernabéu, haviam sido aprovadas a cobertura total do estádio, a criação de novas zonas verdes e a implantação de novos usos para as ruas no entorno. Além disso, a 'esquina Bernabéu' seria demolida para a criação de edifício com hotel e restaurantes de luxo.

O custo para a remodelação do espaço é de cerca de 400 milhões de euros e grupos ligados à ecologia foram contrários. Tanto que conseguiram, em 2013, anular o processo após entrarem com recurso na Justiça.