icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/07/2013
19:00

O consórcio Maracanã S.A. confirmou, em nota oficial emitida nesta terça-feira, que a reabertura do estádio para clubes será no clássico entre Fluminense e Vasco, dia 21 de julho, às 18h30, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. A definição se deu após uma reunião no Palácio da Guanabara.

De acordo com o consórcio responsável pelo Maracanã, a data é a considerada ideal para conseguir retirar as instalações usadas na Copa das Confederações e fazer todos os reparos necessários, como divisores de torcida, sistema de bilhetagem específica, etc. Para isso, terá disponível 21 dias, que começaram a ser contados a partir do dia da decisão entre Brasil e Espanha, domingo passado.

Até lá, Fluminense e Vasco vão disputar duas partidas pela competição nacional. Os tricolores encaram o Botafogo na Arena Pernambuco, neste domingo, e o Internacional, dia 13, ainda sem local definido. Já os vascaínos pegam o Internacional em Caxias do Sul, domingo, e disputam o clássico contra o Flamengo, dia 14, ainda sem local defindido. Existe a possibilidade da partida ser realizada no Mané Garrincha, em Brasília.

Confira a nota:

"O Complexo Maracanã Entretenimento S.A. - Maracanã S.A. informa que a partir do domingo, dia 21/07, estará pronto para realizar o primeiro jogo do Campeonato Brasileiro no estádio Jornalista Mário Filho. A partida será disputada entre Fluminense e Vasco. A data foi estabelecida em função do prazo necessário para a retirada de todas as instalações provisórias utilizadas na Copa das Confederações pela FIFA e a realização de eventuais adaptações nas dependências do Maracanã. Além disso, este prazo é fundamental para que a empresa instale os equipamentos e reparos indispensáveis ao funcionamento regular do Maracanã, como divisores de torcida, sistema de bilhetagem específico, etc.

A empresa assinou com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, no dia 4 de junho de 2013, contrato para a gestão, operação e manutenção do Complexo do Maracanã por um período de 35 anos. A concessionária prepara-se para promover uma gestão de nível internacional que garanta conforto e segurança aos espectadores, visitantes e profissionais, com ingressos e instalações acessíveis às diversas exigências do publico que frequentará o estádio."

O consórcio Maracanã S.A. confirmou, em nota oficial emitida nesta terça-feira, que a reabertura do estádio para clubes será no clássico entre Fluminense e Vasco, dia 21 de julho, às 18h30, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. A definição se deu após uma reunião no Palácio da Guanabara.

De acordo com o consórcio responsável pelo Maracanã, a data é a considerada ideal para conseguir retirar as instalações usadas na Copa das Confederações e fazer todos os reparos necessários, como divisores de torcida, sistema de bilhetagem específica, etc. Para isso, terá disponível 21 dias, que começaram a ser contados a partir do dia da decisão entre Brasil e Espanha, domingo passado.

Até lá, Fluminense e Vasco vão disputar duas partidas pela competição nacional. Os tricolores encaram o Botafogo na Arena Pernambuco, neste domingo, e o Internacional, dia 13, ainda sem local definido. Já os vascaínos pegam o Internacional em Caxias do Sul, domingo, e disputam o clássico contra o Flamengo, dia 14, ainda sem local defindido. Existe a possibilidade da partida ser realizada no Mané Garrincha, em Brasília.

Confira a nota:

"O Complexo Maracanã Entretenimento S.A. - Maracanã S.A. informa que a partir do domingo, dia 21/07, estará pronto para realizar o primeiro jogo do Campeonato Brasileiro no estádio Jornalista Mário Filho. A partida será disputada entre Fluminense e Vasco. A data foi estabelecida em função do prazo necessário para a retirada de todas as instalações provisórias utilizadas na Copa das Confederações pela FIFA e a realização de eventuais adaptações nas dependências do Maracanã. Além disso, este prazo é fundamental para que a empresa instale os equipamentos e reparos indispensáveis ao funcionamento regular do Maracanã, como divisores de torcida, sistema de bilhetagem específico, etc.

A empresa assinou com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, no dia 4 de junho de 2013, contrato para a gestão, operação e manutenção do Complexo do Maracanã por um período de 35 anos. A concessionária prepara-se para promover uma gestão de nível internacional que garanta conforto e segurança aos espectadores, visitantes e profissionais, com ingressos e instalações acessíveis às diversas exigências do publico que frequentará o estádio."