icons.title signature.placeholder Pedro Leanza
06/06/2014
09:49

Hernane tem mais uma oportunidade de sair do Flamengo. O Al Rayyan, do Catar, formalizou uma proposta de seis milhões de dólares (aproxidamente R$13,5 milhões) para comprar 100% dos direitos econômicos do atacante rubro-negro. O vínculo tem a duração de três temporadas.

A proposta do clube árabe chega oficialmente nesta sexta-feira ao Brasil, trazida por Breno Tanure, que é advogado da Talents Sports, empresa de Paulo Pitombeira, agente de Hernane. Para facilitar a negociação, inclusive, o Al Rayyan se dispõe a fazer o pagamento à vista.

Dono de 50% dos direitos econômicos do Brocador, o Flamengo, por sua vez, embolsaria metade da quantia: três milhões de dólares (cerca de R$ 6,7 milhões). O restante do atacante está dividido. Paulo Pitombeira detém 35%, enquanto os 15% restantes pertencem à Energy Sports.

Esta é a terceira vez que Hernane recebe uma proposta milionária para deixar o clube da Gávea. Em janeiro de 2014, o Al Jazira, dos Emirados Árabes, ficou muito próximo de contratar o artilheiro. O clube árabe ofereceu seis milhões de euros (R$ 19,5 milhões), além de um salário de 1,2 milhão (R$ 3,8 milhões) por temporada, para o jogador assinar um contrato por três anos.

Emocionou! Torcida faz apelo para Brocador permanecer

Um mês depois, o Shangai Greenland, da China, também tentou levar Hernane. A falta de garantias bancárias por parte dos chineses, porém, inviabilizou o negócio.

O contrato do Brocador com o Flamengo vai até fevereiro de 2016. A multa rescisória para a quebra do vínculo é de oito milhões de euros (R$ 26 milhões).