icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/11/2013
10:52

A Fifa divulgou nesta quinta-feira o seu último ranking de seleções antes do sorteio dos grupos para a Copa do Mundo de 2014, que será realizado no próximo dia 6 de dezembro. Duas mudanças chamaram a atenção, as entradas de Portugal e Itália entre os oito primeiros. Ou seja, se o ranking utilizado para definir os cabeças de chave do Mundial fosse este, Bélgica e Suíça não estariam no Pote 1.

Os belgas, em quinto no ranking de outubro, caíram para a 11ª posição na lista atual com as derrotas em amistosos para Japão, por 3 a 2, e Colômbia, por 2 a 0. A 11ª posição era ocupada pelo Brasil, que agora é 10º colocado. Já os suíços perderam uma posição, indo para oitava e sendo superados pela Itália. No último mês a Suíça fez um só amistoso, e perdeu para a Coreia do Sul por 2 a 1.

Sendo assim, a Copa do Mundo teria cabeças de chave um pouco mais condizentes com a tradição do torneio. O único cabeça de chave que destoaria seria a Colômbia, que está na quarta posição na lista divulgada nesta terça-feira.

Outra mudança interessante seria na composição do pote onde ficarão oito seleções europeias. A França, que pelo ranking de outubro é o pior europeu ranqueado entre os classificados para a Copa, deixaria esta posição com a Rússia. O que isso tem a ver? Simplesmente o fato de que os franceses ficariam no mesmo pote com as demais equipes europeias e a Rússia, que ocupou o fato de pior europeu no ranking de novembro, ficaria no pote com as cinco seleções da África e com os outros dois sul-americanos que não são cabeças de chave (Chile e Equador).

Essa posição é importante. Pois pelas regras do sorteio, atualmente é certo que a França ficará em um dos quatro grupos cujos cabeças de chave são sul-americanos. Se o ranking de novembro fosse utilizado pela Fifa, a Rússia seria essa seleção. A subida dos franceses de 21º para o 19º lugar se deveu à vitória por 3 a 0 sobre a Ucrânia, que classificou os Bleus para a Copa do Mundo.

Essas combinações reduziriam muito as chances de ocorrer mais de um grupo de morte na Copa do Mundo de 2014.

Veja quem seriam, pela ordem de classificação, os cabeças de chave pelo ranking de novembro:

1) Espanha
2) Alemanha
3) Argentina
4) Colômbia
5) Portugal
6) Uruguai
7) Itália

10) Brasil (cabeça de chave por ser país sede)

Os cabeças de chave definidos pelo ranking de outubro:

1) Espanha
2) Alemanha
3) Argentina
4) Colômbia
5) Bélgica
6) Uruguai
7) Suíça

11) Brasil