icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/04/2014
12:08

O jogo mais importante da temporada até o momento chega em meio a uma sequência conturbada. Duas derrotas consecutivas, antes da disputa das oitavas de final da Libertadores, e um ambiente pesado. O caminho para reverter isso é dedicação pura. O volante Ramiro promete usar "todas as forças" para que o Grêmio bata o San Lorenzo, às 22h desta quarta-feira, no Nuevo Gasómetro, e se recupere.

- Não estamos vivendo o momento que queríamos e nem mesmo aquele que a nossa torcida merece. Mas podem ter certeza de que não estamos alheios às cobranças. Pelo contrário. Nos cobramos muito. Somos os nossos mais fortes críticos. Podem ter a certeza de que vamos lutar com todas as nossas forças pela camisa do Grêmio – definiu Ramiro.

O Tricolor gaúcho tem a segunda melhor campanha da Libertadores. Sofreu apenas um gol na Libertadores, para o Newell's Old Boys, na Argentina. Nos outros cinco jogos, passou sem ser vazado. O bom momento na competição continental, principal objetivo da temporada, é utilizado para dar confiança aos tricolores.

- Fizemos uma campanha impecável, até o momento na Libertadores e isso nos credencia para este novo momento do campeonato. Mas, agora, tudo que foi construído deve ser melhorado, pois sabemos que não existe mais espaço para erros. Nossa meta é o título da Libertadores, e o primeiro passo para isso será na Argentina – ressaltou o volante.

O Grêmio deve contar com Marcelo Grohe no gol. Na defesa, Pedro Geromel será o zagueiro e Léo Gago joga na lateral esquerda. No meio, a dúvida é pela presença de Luan ou do volante Ramiro - a tendência é que o marcador inicie o jogo, já que o jovem vem de cirurgia na mão direita.