icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/04/2014
14:53

O Grêmio estreou com uma derrota (1 a 0 para o Atlético-PR) no Campeonato Brasileiro, mas pode, na próxima quarta-feira, dar a volta por cima. O Tricolor tem, contra o San Lorenzo, pelas oitavas de final da Libertadores, o seu jogo mais importante no ano.

A equipe gaúcha vai bem na competição continental até o momento: é dona da segunda melhor campanha da fase de grupos e possui a melhor zaga, tendo sofrido apenas um gol. O notável desempenho não passa despercebido por Ramiro, que confia no time para a sequência durante a fase de grupos:

- Fizemos uma campanha impecável, até o momento, na Libertadores e isso nos credencia para este novo momento do campeonato. Formamos um setor de defesa que foi quase perfeito, algo que nos deu tranquilidade para criar no meio-campo e fazer os gols necessários. Mas, agora, tudo que foi construído deve ser melhorado, pois sabemos que não existe mais espaço para erros. Estamos cientes das dificuldades que teremos a partir desta quarta-feira, mas o Grêmio sabe da força que tem e, principalmente, onde pode chegar. Nossa meta é o título da Libertadores, e o primeiro passo para isso será na Argentina - disse o volante.

O jogador, ciente das cobranças da torcida - principalmente após o vice-campeonato no Gauchão para o arquirrival Internacional e o mau início do Brasileirão -, também comentou a atual fase que a equipe atravessa e assegurou que os jogadores lutarão "com todas as forças" que tiverem:

- Não estamos vivendo o momento que queríamos e nem mesmo aquele que a nossa torcida merece. Mas podem ter certeza de que não estamos alheios às cobranças. Pelo contrário, nos cobramos muito. Somos os nossos mais fortes críticos. Não estamos satisfeitos, pois sabemos a qualidade do nosso grupo. Agora, depende apenas de nós mesmos para reverter aquilo que não está dando certo e, com bom futebol, com a volta dos gols e das vitórias, readquirir a confiança, principalmente, do nosso torcedor, que é para quem treinamos e jogamos dentro de campo. Podem ter a certeza de que vamos lutar com todas as nossas forças pela camisa do Grêmio - garantiu.