icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2014
12:52

Ralf viveu a época mais gloriosa do Corinthians em termos de participações na Copa Libertadores. O volante esteve presente nas quatro edições consecutivas que o clube disputou, entre os anos de 2010 e 2013. E, neste ano, foi um dos que amargaram a ausência do Timão no torneio sul-americano. Algo que o camisa 5 não quer repetir na próxima temporada.

Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, o atual capitão da equipe de Mano Menezes deixou claro o quanto será frustrante não participar da Libertadores 2015. Na visão de Ralf, algo que não dá nem para pensar...

- Um clube da grandeza que tem o Corinthians não pode admitir ficar fora da Libertadores. Ficamos frustrados este ano, por isso esse objetivo é o mínimo que temos de cumprir - afirmou o volante, que não quis projetar resultados nos últimos cinco jogos.

- Temos de ganhar o máximo de pontos, quanto mais pontos conseguirmos, melhor. É difícil falar, o Brasileiro é disputado e perdemos pontos bobos. É complicado falar que vamos ganhar seis pontos em dois jogos, nove em três. Liberadores é um objetivo e uma obrigação, temos de deixar o clube nessa competição - completou.

O Corinthians terá cinco jogos pela frente, respectivamente, contra Bahia, Goiás, Grêmio, Fluminense e Criciúma. Pelos cálculos dos matemáticos, 66 pontos serão necessários para conquistar a vaga na Libertadores 2015. Ou seja, a equipe de Mano Menezes precisará de nove pontos em 15. Pelo menos...