icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/02/2015
07:54



Sabe quando você está dirigindo um carro ou uma moto numa estrada, com o vento batendo no rosto e curtindo a vida? Pois bem, assim está o Fluminense. 100% de aproveitamento no Carioca. Mas o bom motorista fica sempre ligado no retrovisor. Por isso, o Tricolor das Laranjeiras deve se preocupar não só com os maiores rivais, mas também com os clubes de menor investimento, como o Volta Redonda, que tem os mesmos sete pontos que Botafogo, Flamengo e Vasco.

Vamos para a quarta rodada, e Macaé, Bangu, Friburguense, Resende e Madureira ensaiam algumas zebras. Basta ver a tabela de classificação. É bom ficar de olho.

Na rodada passada, o Resende endureceu para o lado do Flamengo, assim como o Bangu contra o Fluminense e o Tigres no duelo com o Vasco. Arrancou um empate em casa, no domingo, por exemplo.

Não tenho dúvidas de que o campeão será um dos grandes. Mas esses pequenos estão afim de aprontar. Direito deles, e acho melhor assim. Afinal, ganha o campeonato em emoção, e o torcedor se vê incentivado a comparecer mais aos estádios.

E MAIS
> Bill comenta homenagem para Nilton Santos: 'Fiquei muito feliz'
> Márcio Araújo exalta parceria com Canteros: 'É fácil jogar com ele'
> Após chance, Marlone busca afirmação no Flu: 'Quero ser titular'
> Rafael Silva agradece pelos conselhos do 'mestre' Valdir Bigode

Quanto aos astros do espetáculo, não tem como deixar de falar de Fred, artilheiro, com quatro gols. É a referência do Fluminense, mas, para que ele balance as redes, é preciso alguém para criar as jogadas no meio. E isso o Tricolor tem feito, seja com Wágner, Jean, Marlone...


    Com Fred em alta, Fluminense lidera o Campeonato Carioca (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

O Botafogo mostrou evolução, principalmente com a regularidade de Rodrigo Pimpão. Não marcou na goleada sobre o Bonsucesso, mas deu duas boas assistências. É o diferencial. Da mesma forma, Marcinho tem se destacado no limitado time do Vasco. É ele quem comanda as ações no meio de campo.

Deixei o último espaço para falar do goleiro Márcio, do Bangu. Um paredão. Não fosse ele, o Fluminense  teria feito mais gols no domingo. Cada defesa incrível! Pegou até vento. Foi, sem dúvida, um dos maiores nomes da rodada. Parabéns ao goleirão!