icons.title signature.placeholder Thiago Correia
icons.title signature.placeholder Thiago Correia
15/07/2013
15:33

O atacante Rafinha Alcântara voltou a uma de suas casas. O brasileiro, que pertence ao Barcelona e acertou a renovação de contrato recentemente até 2016, foi apresentado como novo jogador do Celta, e foi recebido por cerca de 4 mil torcedores. Ao seu lado, estava Mazinho, que deu autógrafos, e logo depois conversou por telefone com a reportagem do LANCE!Net. Ele disse que o fato de se sentir foi fundamental na escolha.

- Sua cabeça está ótima, vem com toda a vontade do mundo para desfrutar desse primeiro ano como jogador profissional. Vem para um time aonde praticamente é a sua casa. Conhece bem a cidade, tem a família em Vigo, casa... Pode fazer um grande papel este ano - disse Mazinho, que lembrou que presença de Luis Enrique, ex-técnico do Barcelona B e que agora comanda os galegos, foi fundamental:

- O Celta tem um grande treinador. Que no meu ponto de vista, conhece bem o Rafael, indicou ele, é um treinador que já trabalhou no Barcelona, com o Rafinha, foi uma das grandes decisões.

Ao chegar no estádio, Rafinha também falou sobre tudo isso citado pelo seu pai:

- Para mim, é um dia muito especial. Quero responder ao máximo toda a confiança depositada em mim. É uma equipe que sempre gostei, tem um bom treinador... Eu tomei a melhor decisão.

Mazinho lembrou ainda que o empréstimo para o Celta foi uma decisão em conjunto com o Barça. E lembrou que trata-se de um hábito na Europa.

- Os clubes têm a mania de, quando o garoto está em fase formação, emprestar para um clube de menor porte, para que possa jogar e crescer, e depois ter a oportunidade de voltar. A gente espera que faça uma boa temporada, e se der tudo certo, volta a se apresentar no Barcelona, já que o contrato vai até 2016 - concluiu o tetracampeão.

O atacante Rafinha Alcântara voltou a uma de suas casas. O brasileiro, que pertence ao Barcelona e acertou a renovação de contrato recentemente até 2016, foi apresentado como novo jogador do Celta, e foi recebido por cerca de 4 mil torcedores. Ao seu lado, estava Mazinho, que deu autógrafos, e logo depois conversou por telefone com a reportagem do LANCE!Net. Ele disse que o fato de se sentir foi fundamental na escolha.

- Sua cabeça está ótima, vem com toda a vontade do mundo para desfrutar desse primeiro ano como jogador profissional. Vem para um time aonde praticamente é a sua casa. Conhece bem a cidade, tem a família em Vigo, casa... Pode fazer um grande papel este ano - disse Mazinho, que lembrou que presença de Luis Enrique, ex-técnico do Barcelona B e que agora comanda os galegos, foi fundamental:

- O Celta tem um grande treinador. Que no meu ponto de vista, conhece bem o Rafael, indicou ele, é um treinador que já trabalhou no Barcelona, com o Rafinha, foi uma das grandes decisões.

Ao chegar no estádio, Rafinha também falou sobre tudo isso citado pelo seu pai:

- Para mim, é um dia muito especial. Quero responder ao máximo toda a confiança depositada em mim. É uma equipe que sempre gostei, tem um bom treinador... Eu tomei a melhor decisão.

Mazinho lembrou ainda que o empréstimo para o Celta foi uma decisão em conjunto com o Barça. E lembrou que trata-se de um hábito na Europa.

- Os clubes têm a mania de, quando o garoto está em fase formação, emprestar para um clube de menor porte, para que possa jogar e crescer, e depois ter a oportunidade de voltar. A gente espera que faça uma boa temporada, e se der tudo certo, volta a se apresentar no Barcelona, já que o contrato vai até 2016 - concluiu o tetracampeão.