icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
19/02/2015
19:21

A fase do Internacional é conturbada. Ainda sem convencer no Campeonato Gaúcho, e após a derrota na estreia da Libertadores, 3 a 1 para o The Strongest, na Bolívia, as decisões do técnico Diego Aguirre começam a ser questionadas e até a utilização de um time misto no campeonato estadual é questão de críticas.

No próximo domingo, o Colorado enfrenta o São Paulo-RS e a tendÊncia é de que o treinador utilize um time praticamente reserva. Nilmar, que foi expulso contra o The Strongest, Nilton e Réver, devem ser os únicos jogadores titulares a atuar nesta partida.

O atacante Rafael Moura, reserva neste início de temporada, pode estar em campo nas duas oportunidades. Na próxima quinta-feira, contra o Universida de Chile, o He-Man é cotado para substituir Nilmar e deu sua opinião sobre o rodízio de jogadores.

- Isso cabe a comissão técnica decidir. Estamos no início dos campeonatos e foi montado um planejamento. Temos um grupo para disputar todas as competições e, independentemente de quem jogar, podemos e temos que vencer os próximos jogos - disse Rafael Moura.

O centroavante também comentou sobre a dificuldade de se manter concentrado em uma partida do Campeonato Gaúcho quando dias depois se tem um jogo decisivo pela Libertadores. De acordo com Rafael Moura, o planejamento feito pelo Internacional permite isso.

- É possível se manter alheio ao jogo seguinte. São competições distintas e que já sabíamos que seriam disputadas ao mesmo tempo. Foi feito um planejamento e temos que entrar para vencer, seja Gauchão ou Libertadores.