icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
03/03/2014
03:29

O atacante Rafael Moura considera o maior reforço do Internacional para a temporada 2014 está fora das quatro linhas. O jogador ressaltou a volta do time colorado ao Estádio Beira-Rio, que ficou fechado por conta de obras para a Copa do Mundo e foi reaberto no começo deste ano. He-Man lembrou que o Inter estava atuando longe dos torcedores mais tradicionais e isso faz diferença.

Rafael Moura recordou ainda o tempo que o Colorado está sem ganhar um título nacional, o que aumenta ainda mais a vontade do elenco.

- O Internacional, este ano, tem um fator a mais, já que voltamos a jogar no Beira-Rio. Então, a gente tem grande expectativa por jogar em casa, perto do torcedor. Estávamos jogando em Novo Hamburgo, Caxias... Eram duas horas de Porto Alegre. Mesmo o estádio estando cheio, não é aquele torcedor da cadeira cativa, que está sempre acostumado a ir ao estádio torcer. Sentimos falta - disse o jogador, que completou:

- O Internacional tem muito tempo que não ganha um título nacional. Ganhou vários internacionais neste período, mas falta aquele título nacional. É o que planejamos para este ano.

O atacante esteve na noite deste domingo na Sapucaí para acompanhar o primeiro dia de desfile do Grupo Especial das Escolas de Samba do Rio de Janeiro. Esta não foi a primeira vez que ele esteve no local para ver os desfiles:

- Esta é a quarta vez (ele esteve no camarote de uma das patrocinadoras oficiais do evento). A Unimed era patrocinadora do Fluminense, então, acompanhávamos sempre (a empresa tem um camarote na Sapucaí). O tempinho que temos de folga, mesmo distante, tenta vir curtir.