icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2013
09:20

Algo que ficou visível no confronto contra o Flamengo foi a mudança de postura do Botafogo do primeiro para o segundo tempo. Depois de pressionar o adversário nos 45 minutos iniciais, a equipe sofreu pressão na etapa complementar. O atacante Rafael Marques alertou que essa não foi a primeira vez que o time variou o comportamento durante os 90 minutos no Brasielirão. 

- No primeiro tempo, tivemos três chances de gol. Caso tivéssemos aproveitado uma, o jogo poderia ter sido outro. Houve outras partidas que jogamos mal no primeiro tempo e bem no segundo, como contra o Náutico. Contra o Flamengo, foi o contrário. Doeu o empate, mas agora é hora de pensar no jogo de quinta, pois estamos brigando para ser líder - disse o camisa 20, admitindo que cada jogador faz uma autocobrança:

- Todos nós fazemos uma cobrança individual. Todo nós procuramos saber o que podemos melhorar e o que é preciso fazer para isso acontecer. Estava tendo um sequência boa e fiquei alguns jogos sem fazer gols. Mas primeiro tenho que ajudar a equipe, para depois pensar em mim.

E MAIS
> Botafogo negocia levar jogos para o Mané Garrincha, no Distrito Federal
> Equilibrado, Seedorf acalmou elenco no vestiário após empate contra o Fla
> Atletas do Botafogo admitem vacilos no clássico e prometem corrigi-los

Com o gol marcado no clássico, Rafael Marques tornou-se um dos artilheiros do time na temporada ao lado de Seedorf e de Lodeiro, com dez gols cada.

Algo que ficou visível no confronto contra o Flamengo foi a mudança de postura do Botafogo do primeiro para o segundo tempo. Depois de pressionar o adversário nos 45 minutos iniciais, a equipe sofreu pressão na etapa complementar. O atacante Rafael Marques alertou que essa não foi a primeira vez que o time variou o comportamento durante os 90 minutos no Brasielirão. 

- No primeiro tempo, tivemos três chances de gol. Caso tivéssemos aproveitado uma, o jogo poderia ter sido outro. Houve outras partidas que jogamos mal no primeiro tempo e bem no segundo, como contra o Náutico. Contra o Flamengo, foi o contrário. Doeu o empate, mas agora é hora de pensar no jogo de quinta, pois estamos brigando para ser líder - disse o camisa 20, admitindo que cada jogador faz uma autocobrança:

- Todos nós fazemos uma cobrança individual. Todo nós procuramos saber o que podemos melhorar e o que é preciso fazer para isso acontecer. Estava tendo um sequência boa e fiquei alguns jogos sem fazer gols. Mas primeiro tenho que ajudar a equipe, para depois pensar em mim.

E MAIS
> Botafogo negocia levar jogos para o Mané Garrincha, no Distrito Federal
> Equilibrado, Seedorf acalmou elenco no vestiário após empate contra o Fla
> Atletas do Botafogo admitem vacilos no clássico e prometem corrigi-los

Com o gol marcado no clássico, Rafael Marques tornou-se um dos artilheiros do time na temporada ao lado de Seedorf e de Lodeiro, com dez gols cada.