icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
12/11/2014
13:13

Depois de ter saído cedo do país, com apenas 18 anos, para defender o Spartak Moscou, da Rússia, Rafael Carioca disputará nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, sua primeira final em solo brasileiro. O jogador está confiante para a decisão e acreditar que serão jogos muito disputados devido a rivalidade entre os clubes.

- Estou muito confiante de que o time possa conseguir esse título e animado com o momento que estamos vivendo. Minha primeira final no Brasil promete ser histórica. Um clássico de rivalidade enorme, com os dois times vivendo ótima fase. Espero sair vencedor e conquistar o título da Copa do Brasil. Estou ansioso para que chegue logo a hora do jogo e que tudo possa dar certo para nós. Serão dois jogos muito complicados e contamos com o apoio do nosso torcedor na primeira partida. Independentemente do resultado, a final só será decidida ao fim dos 180 minutos - disse Rafael Carioca.

A estreia do volante com a camisa do Galo aconteceu no empate contra o Figueirense em 2 a 2, em partida válida pela 15ª rodada do primeiro turno do Brasileiro. Rafael teve participação na subida de produção da equipe durante a competição, mas acabou lesionando a coxa esquerda e ficou aproximadamente dois meses fora. Recuperado, foi um dos destaques do time na vitória sobre o Palmeiras, por 2 a 0, no sábado.

O volante se destacou logo no seu primeiro ano como profissional (2008), quando defendia o Grêmio. Além do vice-campeonato do time no Campeonato Brasileiro daquele ano, Rafael foi eleito, ao lado de Hernanes, como o melhor da posição, fazendo parte da seleção do campeonato. Com o fim da temporada, o jogador foi negociado com o Spartak, onde jogou por cinco temporadas antes de chegar por empréstimo ao Atlético-MG. O volante teve ainda uma curta passagem pelo Vasco, em 2010.