icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
19/04/2014
11:29

O último dia de preparação do Corinthians antes da estreia no Brasileirão-2014, neste domingo, às 16h, contra o Atlético-MG, em Uberlândia (MG), não foi só da notícia ruim de Renato Augusto mais uma vez fora. Depois dos trabalhos táticos, o técnico Mano Menezes liberou os jogadores para um rachão, que teve bullying com Ferrugem e uma disputa pessoal entre Elias e Julio Cesar.

O lateral-direito vindo da Ponte Preta, apresentado nesta semana, sofreu com as brincadeiras dos companheiros. A bola nem rolou e já tinha gente pegando no seu pé. Mas foi quando ele errou seguidos cabeceios que começaram as gozações.

- Ferrugem, tira o boné para cabecear - gritou Gil.

Mas não ficou por aí. Depois de perder algumas bolas, mais gritos contra o recém-chegado, que durante todo o treinamento levou as brincadeiras numa boa.

- Ô, Ferrugem. Já começou o jogo, viu? Está enferrujado? - brincou Ralf.

Outro ponto engraçado da atividade foi o duelo pessoal entre Elias e Julio Cesar. O goleiro, no time rival, jogava no ataque e prometia que ia fazer mais gols que o volante, do outro lado. Mas só foi o camisa 7 marcar para a "zoeira" começar. Ele foi até o "adversário" e começou:

- Chupa, Julio! E agora? E agora? - gritava Elias, claro que na brincadeira.

Com o rachão terminado, Jadson, Bruno Henrique, Romarinho e Luciano treinaram cobranças de faltas e pênaltis. Todos tiveram um desempenho satisfatório e levaram a melhor sobre Walter, Danilo Fernandes e Julio Cesar na maioria das vezes.