icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/07/2014
01:55

A substituição no início do segundo tempo, somado ao comportamento de Ronaldinho ao deixar o campo de jogo, nesta quarta-feira, contra o Lanús, colocou em dúvida o futuro do craque no Atlético-MG. Especulado em outras equipes, o meia abraçou vários jogadores da equipe mineira e levou um tempo considerável para deixar o gramado, por conta dos vários agradecimentos à torcida. Do lado de fora do campo, o camisa 10 viu o Galo virar o placar e erguer a taça de campeão da Recopa. Ao fim do jogo, o meia desconversou ao ser perguntado sobre uma possível saída e adotou um discurso de agradecimento.

- É maravilhoso, vim para este clube para fazer história, consegui, estou realizado, só tenho a agradecer ao presidente, aos companheiros, à torcida que me apoiou de forma espetacular, só tenho a agradecer de toda forma possível - falou o jogador.


Durante a comemoração do título, o técnico Levir Culpi também foi visto em longa conversa com o jogador. Na coletiva de imprensa após a final, Levir disse ter notado o comportamento do jogador com os colegas de trabalho, mas alegou ter sido apenas vontade de continuar dando alegrias ao torcedor.

- Foi uma conversa de respeito, comemoração, parabenizei pela atitude que ele teve, hoje ele se portou como o ídolo que ele é. Foi aplaudido pelos jogadores, pelos torcedores, da maneira que tem de ser - disse Levir.