icons.title signature.placeholder Igor Ramos
16/06/2014
15:48

Apesar de ser feita para por fim às discussões e dar legitimidade a qualquer lance polêmico, a implantação da tecnologia no futebol ainda gera controvérsias. O lendário técnico francês, Guy Roux, que acompanha a seleção francesa como comentarista da Rádio Europe 1 (francesa), disse que é contra o uso do 'GoalControl', que foi usado na partida vencida pelos Azuis diante de Honduras, por 3 a 0. De acordo com o treinador, não há nada que seja infalível. 

- Se existe 99% de acerto é porque existe 1% de possibilidade de erro. É assim nos testes da medicina, em outros setores - disse o ex-treinador do Auxerre, cuja carreira de 44 anos no mesmo clube o transformou em dos técnicos recordistas em longevidade em um mesmo clube.

Roux é conhecido pelo seu conservadorismo e até autoritarismo, marcas que caracterizaram sua carreira como técnico. Ele sustenta a opinião contrária ao GoalControl fazendo uma comparação, no mínimo, curiosa. 

- O futebol é feito por homens e mulheres, passíveis de erro. Se quiser tecnologia vou jogar video-game - disse o treinador.

Para Roux, o único aparelho 'tolerável' no futebol é o apito.

- Essa linguagem todos conhecem - emendou.