icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
04/02/2015
08:03

O Corinthians inicia nesta quarta-feira, às 22h, contra o Once Caldas (COL), na Arena, sua 12ª participação na Libertadores. O Alvinegro inicia a luta pelo bicampeonato sul-americano com dois objetivos. O primeiro, como não poderia ser diferente, vencer os colombianos. O segundo, se possível, triunfar por dois ou mais gols de diferença.

Conquistar os três pontos e jogar por um empate na cidade de Manizales é visto como fundamental para a equipe conseguir a vaga na fase de grupos da competição. E triunfar por mais de um gol de diferença é tido como possível, principalmente pelo fato de o Timão jogar em casa, com apoio de mais de 30 mil torcedores em Itaquera.

Mas não apenas por isso. Internamente se vê como possível um triunfo mais largo no placar pela qualidade de alguns jogadores, como Elias. O camisa 7 é o quinto maior artilheiro da história entre os volantes que vestiram a camisa alvinegro. Em 190 jogos, 29 gols (veja abaixo).

Uma quantidade que o experiente jogador quer aumentar. Em entrevista ao LANCE!, ainda durante a pré-temporada nos EUA, o volante comentou sobre a possibilidade de ultrapassar o amigo Paulinho, que deixou o Parque São Jorge como o segundo maior artilheiro da história entre os volantes, com 34 gols.

– Eu já falei para ele (Paulinho) que vou passar, quero ultrapassá-lo porque eu sei que quando ele voltar, vai me passar de novo. Quero não apenas para alcançar essa marca do Paulinho, mas ainda passar para entrar de vez na galeria dos maiores volantes da história – afirmou Elias.

- Eu gosto dos números. Em 2014 eu participei de 31 jogos e fiz cinco gols. Tenho certeza absoluta que nesse ano que eu fiz 13 gols, eu participei de uns 60 ou mais jogos (na verdade, 56). Minha média continua ali, não preocupo de o pessoal falar ‘está chegando menos’. Eu me preocupo em ver o Corinthians vencer, sempre querendo dar meu o melhor - completou.

Nesta quarta-feira, uma grande chance para Elias encostar em Paulinho!

MAIORES VOLANTES ARTILHEIROS DO TIMÃO**:
Biro-Biro (1978/88) - 75 gols - 589 jogos
Paulinho (2010/13) - 34 gols - 167 jogos
Wilson Mano (1986/92 e 94) - 34 gols - 405 jogos
Dino Sani (1965/68) - 32 gols - 117 jogos
Elias (2008/10 e desde 2014) - 29 gols - 190 jogos

**Fonte: Aplicativo do Almanaque do Timão, de Celso Unzelte