icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/03/2014
14:57

Por motivo diferente do de Tevez, o maior jogador argentino de todos os tempos também ficou fora de uma Copa do Mundo. Maradona, então com 17 anos, não disputou a competição de 1978 por ser considerado jovem demais pelo técnico da Argentina, Cesar Luis Menotti.

O craque havia estreado como profissional em 1976, com apenas 15 anos de idade, pelo Argentinos Juniors. No ano seguinte, com 16, fazia sua primeira aparição pela seleção argentina. Foi em um amistoso contra a Hungria, disputado na Bombonera.

Maradona chegou a estar concentrado com o grupo que seria campeão mundial, em 1978. Porém, dias antes da Copa, foi cortado por Menotti. Após essa decepção, o camisa 10 se reapresentou ao Argentinos Juniors e contribuiu com dois gols para a goleada de 5 a 0 sobre o Chacarita Juniors. Maradona terminaria como artilheiro do Torneio Metropolitano daquele ano, sendo o mais jovem artilheiro de um Campeonato Argentino até hoje.

Embora não tenha tido o gosto de ser campeão mundial em 1978, Maradona conquistaria o mundo pela primeira vez em 1979. O meia foi campeão mundial sub-20 no segundo torneio da categoria, disputado no Japão. Mais tarde, já no auge da carreira, em 1986, viria a consagração maior com a conquista da Copa do Mundo no México.