icons.title signature.placeholder Diogo Sautchuk
07/07/2014
07:00

O “quarteto fantástico” do Santos já está definido para a temporada de 2014. Intocáveis na atual equipe de Oswaldo de Oliveira, o atacante Gabigol, o armador Lucas Lima, o volante Arouca e o arqueiro Aranha são os jogadores “insubstituíveis” pelo técnico.

Os quatro atletas foram os que permaneceram durante todos os jogos-treinos do Peixe como titulares e, desde o Campeonato Brasileiro, são os que mais atuaram com a camisa do time da Vila Belmiro.

Iniciando por Gabigol, o Imperador da Vila é o artilheiro do Peixe na competição com três gols em oito jogos e "assiste de camarote" a disputa entre Leandro Damião, Thiago Ribeiro, Jorge Eduardo, Diego Cardoso, Geuvânio e Rildo por mais duas posições no ataque.

Lucas Lima é um caso diferente. Chegou no início do ano como promessa, mas demorou para conquistar seu espaço mesmo sendo o único armador do elenco. Após longo período no banco - tendo oportunidades apenas nos primeiros confrontos da Copa do Brasil -, ganhou espaço com a queda de rendimento de Geuvânio. A saída de Cícero para o Fluminense, também ajudou e Lucas aproveitou a chance que teve contra o Figueirense e se manteve no time.

Arouca, ídolo da nação santista, tem oito partidas na competição e está na Vila desde 2010, quando chegou do rival São Paulo. O jogador encabeça a lista dos oito volantes que Oswaldo tem à disposição e, deixa para os outros sete disputarem um lugar ao seu lado na equipe.

Por último, e não menos importante, Aranha, arqueiro menos vazado do Brasileirão (apenas cinco gols sofridos em nove jogos disputados), manteve a boa média e não sofreu nenhum gol nos dois amistosos disputados com o Santos, contra o Red Bull e o AD Guarujá.