icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/03/2014
12:25

Mais do que algumas decisões em estaduais nesta quarta-feira, chamou atenção os episódios de violência em Brasília e Pernambuco. No Distrito Federal, revoltados com a derrota por 3 a 0 e a eliminação da Copa Verde do Brasiliense no jogo contra o Brasília, em Taguatinga, torcedores invadiram o campo de jogo e pegaram pedaços de placas de publicidades para agredir os jogadores, de acordo com funcionários do clube que estavam no local.

A situação ficou um pouco mais calma após o goleiro Guto, do Brasileiense, conseguir esfriar um pouco os ânimos dos "revoltados", mas a desordem voltou com as bombas de efeito moral lançadas por policiais, que fizeram os violentos deixarem o local correndo. Nenhum atleta se machucou no incidente, e não há relato de feridos entre os torcedores.

Torcedores invadem campo para agredir jogadores em Brasília

Em Recife, houve confusões antes e depois do clássico entre Santa Cruz e Sport, no Arruda. Antes do confronto, um torcedor tricolor foi cercado e agredido quando passava perto do portão de entrada dos visitantes. Após a partida, os delitos vieram por parte de torcedores do Santa, depredaram o ônibus em que entraram, assustando motorista, cobrador e outros passageiros, e jogaram pedras em uma equipe de reportagem que os seguia. Em campo, o clássico no Campeonato Pernambucano terminou 1 a 1.