icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci e Guilherme Amaro
10/12/2013
18:05

Próximo de um acerto com o atacante chileno Vargas, de 24 anos, o Santos pode ter o jogador por empréstimo até julho de 2015. No início, a negociação era por um contrato até o fim de 2014, mas Napoli e Peixe caminham para um acordo de um ano e meio.

A mudança ocorreu pois os italianos não aceitaram abater apenas uma parcela das que restam no pagamento do goleiro Rafael, vendido pelo Santos no meio deste ano. Os napolitanos pediram duas, mas o Peixe só concordou se o tempo do vínculo fosse estendido. Como cada prestação é de R$ 1,1 milhão, a contratação deve custar R$ 2,2 milhões ao Peixe.

Nos últimos dias, um representante de Vargas esteve na Vila Belmiro e acertou detalhes que restavam. Já há um acordo salarial entre o clube e o jogador. A fim de enxugar sua folha salarial, o Grêmio já descartou a permanência do chileno para  o ano que vem.

O superintendente de esportes do Peixe, André Zanotta, tinha uma viagem à Itália na última semana, mas preferiu adiar. No entanto, ele ainda pode embarcar para Europa em breve acompanhado de Paulo Affonso, empresário que tem bom trânsito no Napoli e ajuda o Santos na operação.

Comprado por cerca de R$ 34,3 milhões, Vargas tem contrato com o clube italiano até o meio de 2016. No entanto, ele não está nos planos do técnico Rafa Benítez.

Além de Vargas, o Santos negocia com o atacante Leandro Damião, do Internacional, e o meia Diego, atualmente no Wolfsburg, da Alemanha.