icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/11/2013
11:48

Caso a Fifa divulgue mesmo o veto de Fernandinho no Mundial de Clubes, o técnico Cuca terá que mudar o jeito de o Atlético-MG jogar e colocará Luan na direita, enquanto Diego Tardelli volta a ser ponta esquerda. A volta de Ronaldinho parece ser questão de tempo. Mas Luan disse que torce para que o camisa 11 vá para Marrocos, mesmo que isso signifique sua presença apenas no banco de reservas.

- Primeiramente, não estou sabendo dessa noticia, torço muito pra equipe do Galo ir completa para o Mundial. O planejamento é muito bom, com o professor Carlinhos. Quem estiver a disposição para o professor Cuca, tem que estar bem fisicamente e mentalmente para, quando ele precisar, suprir a ausência de jogadores - afirmou o jogador, que torce para que o veto que veio da CBF para a Federação Mineira não seja verdade:

- Espero que não seja verdade isso, espero que ele possa nos ajudar no Mundial, fazendo gol. Agora, temos que pensar em focar na reta final do Brasileiro, nao perder jogador.

Fernandinho foi contratado pelo Atlético-MG em uma 'manobra' que envolveu a vinda dele do Al-Jazira para o Deportivo Brasil. Como ele chegou depois da janela de transferência acabar - 19 de julho - o Galo tentou usar um artifício que a CBF aceita, mas a Fifa não, que consiste em apresentar um documento provando uma 'tentativa de contratação', sendo que isso foi feito antes da janela. Porém, o Galo perdeu dois dias de prazo e, por isso, Fernandinho deve mesmo ficar de fora do Mundial.