icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
12/06/2014
14:58

Enquanto a maioria dos mineiros demonstra ansiedade pela estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, um grupo de cerca de 250 manifestantes protestaram no início da tarde na Praça Sete, região central de Belo Horizonte. Membros de ONGs, partidos políticos de esquerda e sindicatos de vários segmentos levaram faixas, cartazes, apitos e megafones. Alguns vestiam camisetas com xingamentos para a Fifa, além de bandeiras que também enalteciam a bronca contra a organizadora do Mundial.

O clima foi pacifíco nas primeiras horas, com apenas uma ocorrência. Duas pessoas que portavam soco inglês foram detidas pela polícia, que estava com um efetivo de cerca de 200 pessoas no entorno de um dos principais pontos de concentração da cidade. Após cerca de três horas, os manifestantes deixaram a praça e, por meio da Avenida Afonso Pena, se dirigiram até a Prefeitura, que fica na região.

Após algumas horas de protesto pacifíco, houve correria durante a manifestação na Praça da Liberdade, a poucos metros de onde começou na região central. Manifestantes quebraram e picham imóveis por onde passavam. Torcedores de verde e amarelo foram hostilizados.

Em tempo: enquanto as 250 pessoas protestavam, inúmeros mineiros corriam de um lado para o outro para chegar em casa e conseguir ver Brasil x Croácia. Muitos com camisetas amarelas, alguns com vuvuzelas e muitos empolgados com a possibilidade de comprar uma camisa no comércio, poucas horas antes do início da competição mais importante do futebol mundial.

Na Copa do Mundo, a cidade de Belo Horizonte será palco dos seguintes jogos:


Colômbia x Grécia - Sábado 14/6 - 13h
Bélgica x Argélia - Terça 17/6 - 13h
Argentina x Irã - Sábado 21/6 - 13h
Costa Rica x Inglaterra - Terça 24/6 - 13h
Oitavas de final - 28/06 - 13h (Vencedor do grupo do Brasil (A) contra o segundo lugar do grupo (B))
Semifinal - 8/7 - 17h

*Atualizada às 16h39