icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2013
18:22

Campeão mundial júnior nos 200m, o atleta britânico Delano Williams não foi bem neste sábado na etapa de Londres da Liga Diamante. Apesar de ter sido o último colocado nos 200m na capital inglesa, o atleta de 19 anos foi muito elogiado pelo astro Usain Bolt, que não disputou a prova.

- Continuo dizendo que ele será muito bom e posso afirmar isso porque vejo que ele é um batalhador. Ele é jovem e ainda tem muitos atletas para ultrapassar - disse o jamaicano, recordista mundial dos 200m com o tempo de 19s19.

O vencedor da prova de 200m, em que Williams encerrou em último, foi o jamaicano Warren Weir, com tempo de 19s89. Mas Williams, natural das ilhas caribenhas Turcas e Caicos - possui dupla nacionalidade -, já alcançou marcas que impressionam por conta de sua idade e deve representar o Reino Unido no Mundial de Atletismo, em agosto, na Rússia.

Em 2012, ele foi medalhista de ouro nos 200m do Mundial júnior, em Barcelona, com o tempo de 20s48, e no mesmo ano ainda tentou se qualificar para disputar a Olimpíada de Londres pelo Reino Unido, mas acabou não conseguindo por conta de uma lesão. As Ilhas Turcas e Caicos não possuem um Comitê Olímpico e o atleta foi obrigado a tentar a sorte na equipe britânica ano passado.

Este ano, Williams conquistou seu recorde pessoal na prova ao cravar 20s27, marca que é melhor do que a de qualquer outro atleta britânico nos últimos cinco anos.

Campeão mundial júnior nos 200m, o atleta britânico Delano Williams não foi bem neste sábado na etapa de Londres da Liga Diamante. Apesar de ter sido o último colocado nos 200m na capital inglesa, o atleta de 19 anos foi muito elogiado pelo astro Usain Bolt, que não disputou a prova.

- Continuo dizendo que ele será muito bom e posso afirmar isso porque vejo que ele é um batalhador. Ele é jovem e ainda tem muitos atletas para ultrapassar - disse o jamaicano, recordista mundial dos 200m com o tempo de 19s19.

O vencedor da prova de 200m, em que Williams encerrou em último, foi o jamaicano Warren Weir, com tempo de 19s89. Mas Williams, natural das ilhas caribenhas Turcas e Caicos - possui dupla nacionalidade -, já alcançou marcas que impressionam por conta de sua idade e deve representar o Reino Unido no Mundial de Atletismo, em agosto, na Rússia.

Em 2012, ele foi medalhista de ouro nos 200m do Mundial júnior, em Barcelona, com o tempo de 20s48, e no mesmo ano ainda tentou se qualificar para disputar a Olimpíada de Londres pelo Reino Unido, mas acabou não conseguindo por conta de uma lesão. As Ilhas Turcas e Caicos não possuem um Comitê Olímpico e o atleta foi obrigado a tentar a sorte na equipe britânica ano passado.

Este ano, Williams conquistou seu recorde pessoal na prova ao cravar 20s27, marca que é melhor do que a de qualquer outro atleta britânico nos últimos cinco anos.