icons.title signature.placeholder Marcelo Damato
11/06/2014
17:39

A Prefeitura de Miami rejeitou o local proposto para a construção do estádio que será a casa do novo time de futebol da MLS que um grupo de empresários, com o ex-jogador David Beckham à frente, está criando.

A alegação da Prefeitura é de que o estádio fica muito perto do ginásio de basquete onde atua o time da NBA Miami Heat.

A construção de arenas virou um assunto delicado em Miami desde que um antigo prefeito aceitou doar US$ 500 milhões (R$ 1,12 bilhão) para a construção do novo estádio da franquia de futebol americano Florida Marlins.

A reação foi tão forte que o prefeito da cidade não foi reeleito em 2011.

A empresa Beckham Miami United planeja construir um estádio de US$ 250 milhões (R$ 558 milhões), para 20 mil torcedores sentados. Como o terreno será público, a equipe vai pagar aluguel por seu uso.

A empresa já anunciou que está em busca de outro local.