icons.title signature.placeholder Felipe Domingues
09/02/2015
19:49

Se o público no Ginásio do Ibirapuera estava pequeno para acompanhar o Aberto do Brasil, pelo menos agora ele ficou mais animado. Um projeto na Zona Leste de São Paulo levou cerca de 170 crianças e jovens da região para assistir ao primeiro dia de partidas da competição.

O projeto "Marques Tour", recém-criado por Edson Marques, um morador da região em São Paulo, vem ajudando crianças carentes da Zona Leste, levando-as a passeios culturais e esportivos pela cidade para retirá-las das ruas.

- Inciamos esse trabalho para apresentar as crianças ao esporte e a modalidade. E torcer para que ninguém entre nas drogas. Esse é o intuito do trabalho, tirá-los das drogas, das ruas, dar um reforço escolar, esporte... Muitos nem sabem o que é tênis, é legal trazê-los para conhecer. Assim eles agitam um pouco a mente - comentou Marques.

   
170 crianças carentes da Zona Leste estiveram no Ginásio do Ibirapuera nesta segunda-feira (Foto: Felipe Domingues)

Para conseguirem os ingressos para as crianças, os organizadores do projeto contaram com a ajuda da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude da cidade, que cedeu as entradas aos jovens. Além deles, mães e voluntárias serviram como monitoras do grupo

- Trazemos as crianças entre cinco e 16 anos. Vamos assistir os jogos entre hoje e quarta-feira. Hoje trouxemos 170 pessoas, todos da Zona Leste. Temos muitos voluntários que ajudam a selecionar os jovens. Conversamos com o pessoal da região e oferecemos o convite. Aí eles juntam a galera e trazem esse monte de gente para assistir ao esporte - completou Edson.