icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
27/08/2015
14:35

Os jogadores do Atlético-MG deixaram o Orlando Scarpelli, em Florianópolis, na noite quarta-feira, muito chateado pela derrota por 2 a 1 para o Figueirense e, consequentemente, pela eliminação da Copa do Brasil. Apesar disso, o preparador físico Rodolpho Mehl reconhece que agora terá mais tempo para trabalhar o condicionamento físico do atletas.

Nós não queríamos sair da competição, mas aconteceu, estamos fora. Agora acredito que fisicamente vamos ter mais tempo para recuperar os jogadores por não termos mais a Copa do Brasil - disse Rodolpho Mehl, ao Globoesporte.com, complementando a seguir:

- Vamos continuar da maneira que vínhamos fazendo. Não vou dizer vantagem, porque não podemos usar essa palavra quando a gente perde, mas, com isso de não ter mais que jogar a Copa do Brasil... A vantagem que digo é na recuperação, vamos ter mais tempo para recuperar os jogadores. Dizer que vai melhorar ou piorar, só a sequência de jogos vai nos levar a tirar essa conclusão.

O técnico Levir Culpi não quis afirmar que a eliminação de uma competição da qual o Galo é o atual campeão seria boa. Porém, reconheceu que se permanecesse nos dois campeonatos o desgaste seria muito maior.

- É difícil falar isso (eliminação) como uma coisa boa que vai acontecer. Mas a Copa do Brasil vai apertando com jogos entre os times do Campeonato Brasileiro. Quem estiver nas duas competições vai sofrer na parte física. E tem que ser 100% na Copa do Brasil. Nesse ponto, do aspecto físico, vai ser bom para nós - disse Levir.

Os jogadores do Atlético-MG deixaram o Orlando Scarpelli, em Florianópolis, na noite quarta-feira, muito chateado pela derrota por 2 a 1 para o Figueirense e, consequentemente, pela eliminação da Copa do Brasil. Apesar disso, o preparador físico Rodolpho Mehl reconhece que agora terá mais tempo para trabalhar o condicionamento físico do atletas.

Nós não queríamos sair da competição, mas aconteceu, estamos fora. Agora acredito que fisicamente vamos ter mais tempo para recuperar os jogadores por não termos mais a Copa do Brasil - disse Rodolpho Mehl, ao Globoesporte.com, complementando a seguir:

- Vamos continuar da maneira que vínhamos fazendo. Não vou dizer vantagem, porque não podemos usar essa palavra quando a gente perde, mas, com isso de não ter mais que jogar a Copa do Brasil... A vantagem que digo é na recuperação, vamos ter mais tempo para recuperar os jogadores. Dizer que vai melhorar ou piorar, só a sequência de jogos vai nos levar a tirar essa conclusão.

O técnico Levir Culpi não quis afirmar que a eliminação de uma competição da qual o Galo é o atual campeão seria boa. Porém, reconheceu que se permanecesse nos dois campeonatos o desgaste seria muito maior.

- É difícil falar isso (eliminação) como uma coisa boa que vai acontecer. Mas a Copa do Brasil vai apertando com jogos entre os times do Campeonato Brasileiro. Quem estiver nas duas competições vai sofrer na parte física. E tem que ser 100% na Copa do Brasil. Nesse ponto, do aspecto físico, vai ser bom para nós - disse Levir.