icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2014
18:03

O procurador geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt, ainda vai analisar as imagens da expulsão do técnico Vagner Mancini, na partida entre Cruzeiro 2 x 1 Botafogo, no Mineirão. O árbitro do jogo, Elmo Alves Resende Cunha, relatou na súmula xingamentos e ameaças do treinador alvinegro ao quarto árbitro, Emerson de Almeida Ferreyra.

- Você é um b... um m... Estou te esperando lá embaixo. Quero você lá no vestiário - teria dito o treinado alvinegro.

O árbitro ainda relatou na súmula que dois aparelhos comunicadores foram apreendidos com o massagista do Botafogo. Isso ocorreu porque Mancini estaria se comunicando a comissão técnica por esses aparelhos. O treinador alvinegro assistiu ao resto da partida num dos camarotes do Mineirão.

Mancini, em sua defesa, disse não ter falado nada demais ao quarto árbitro.

- Não falei nada fora dos padrões e quem estava ali perto sabe disso. Então, é óbvio que fico chateado - comentou.