icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni
27/02/2015
07:00

Depois de escalar uma equipe com quase todos os titulares na última quarta-feira, na vitória por 2 a 0 sobre o Linense, em Lins, o técnico Tite deve voltar a optar por um Corinthians reserva no duelo do próximo domingo, às 16h, contra o Mogi Mirim, na Arena Corinthians. Mais do que o desgaste pela sequência de jogos, a decisão também se justifica pelos dois próximos duelos: San Lorenzo (ARG) na quarta-feira, em Buenos Aires, pela Libertadores, e São Paulo no domingo, no Morumbi, pelo Paulistão.

A sinuca de bico do treinador é o lateral-esquerdo Uendel. O jogador virou o titular depois que Fábio Santos passou por artroscopia no joelho direito - o camisa 6 ficará longe dos gramados até o início de abril. No Paulistão, por exemplo, não há nenhum reserva na posição, já que Guilherme Arana não está inscrito. Uendel já foi titular no meio de semana e uma maratona de jogos pode prejudicá-lo. Para a Libertadores, vale destacar que Arana foi inscrito e pode ser opção. No entanto, a comissão técnica considera um risco ter de colocá-lo como titular, uma vez que ele é muito jovem e nem sequer treinou com a equipe principal.

Portanto, para este domingo, vale escalar Uendel e correr o risco de perdê-lo para a decisão contra os argentinos? Ou Tite improvisará Mendoza? Ou mudará o esquema colocando mais um zagueiro? Esta questão será abordada em reunião no CT Joaquim Grava nesta sexta-feira, antes do treinamento da tarde.

A ideia no Corinthians é escalar força máxima contra o San Lorenzo e praticamente repetir a escalação - salvo exceções por lesão ou cansaço - no Majestoso. Na temporada, por conta do torneio sul-americano, o treinador já optou por equipe mista contra o Palmeiras, em duelo que ocorreu entre as decisões contra o Once Caldas pela Libertadores, e equipe reserva contra Botafogo-SP e Ituano.

Alguns jogadores, com situações particulares, vão ser escalados nos próximos jogos. Guerrero, por exemplo, segue suspenso pela Conmebol e não poderá enfrentar o San Lorenzo. Por isso, deve ser titular no domingo. Danilo e Vagner Love vão brigar pela vaga, novamente com vantagem para o primeiro, escolhido para a função na vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, no Majestoso da Libertadores. Vale lembrar que Danilo foi poupado contra o Linense porque havia enfrentado São Paulo e Ituano na sequência. E agora pode voltar e fazer mais dois jogos seguidos, comprometendo sua participação no Majestoso do outro fim de semana.

Jadson, que não atuou contra o Linense porque estava negociando sua transferência para o futebol chinês, acabou ficando e será opção para este domingo. Na cabeça de Tite, ele pode jogar tanto contra Mogi como diante do San Lorenzo. Mas, assim como Danilo, também pode ficar fora do clássico...

Emerson Sheik, que trata de uma inflamação no joelho direito, já foi desfalque na última quarta e deve seguir fora domingo, de olho nas próximas decisões. Desfalques certos são o lateral-esquerdo Fábio Santos e também o volante Bruno Henrique, que sofreu luxação no cotovelo esquerdo.

Confira as prováveis escalações do Corinthians

Contra o Mogi Mirim: Walter (Cássio), Edilson, Yago, Edu Dracena e Mendoza (Rodrigo Sam); Cristian, Petros, Jadson e Danilo; Malcom (Vagner Love) e Guerrero.

Contra o San Lorenzo: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson Sheik; Danilo (Vagner Love).

Contra o São Paulo: Cássio, Fagner, Felipe (Edu Dracena), Gil e Uendel; Ralf, Cristian (Petros), Elias, Renato Augusto e Emerson Sheik; Guerrero (Vagner Love).