icons.title signature.placeholder Caio Carrieri, Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
17/06/2014
14:10

Os torcedores no Castelão voltaram a enfrentar um problema que tem sido comum em vários estádio da Copa do Mundo: falta de comida nas lanchonetes. Algumas delas, a cerca de três do início da partida entre Brasil e México, já abriram sem sanduíches. Outras tiveram seus estoques esgotados rapidamente.

A falta de comida e os problemas no serviço irritaram torcedores principalmente na abertura da Copa, na Arena Corinthians. Até mesmo lanchonetes com acesso mais restrito, dentro dos setores de imprensa, por exemplo, apresentam tais falhas.

Com os portões abertos às 13h, os torcedores vão entrando em festa, apesar dos contratempos. Há muitos mexicanos, convivendo em paz com os brasileiros.

Há filas para passar pela triagem, com detectores de metal, antes da checagem dos ingressos. As lojas oficiais da Fifa também são grande atração dos fãs, mas o acesso é complicado devido à falta de espaço. As filas no Castelão são demoradas para quem deseja comprar uma lembrança da Copa do Mundo.