icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/04/2014
20:28

A máquina de fazer gols do Santos emperrou na estreia pelo Brasileirão-2014. Em noite chuvosa na Baixada Santista, o Peixe ficou apenas no 1 a 1 contra o Sport, neste domingo. É o primeiro tropeço alvinegro na temporada atuando dentro da Vila Belmiro. Até então, haviam sido 11 jogos e 11 vitórias. Enquanto Neto Baiano abriu o placar para os pernambucanos, Gabriel deixou tudo igual.

Mesmo atuando com o quinteto ofensivo formado por Arouca, Cícero, Geuvânio, Thiago Ribeiro, Gabriel e Leandro Damião, que marcou 33 gols em casa no Paulistão-2014, o Santos teve muitas dificuldades para criar jogadas de gol no encontro. Damião, contratado para ser o fazedor de gols do Peixe, teve mais uma atuação apagada com a camisa alvinegra. O Sport, mais defensivo, pouco assustou e foi letal quando teve oportunidade.

O JOGO

Os primeiros minutos do Santos na Vila Belmiro foram bastante animadores. Com amplo domínio na posse de bola, o time da casa assustou. Cicinho, em bola batida na trave, quase abriu o placar de cara. Parecia que o Peixe conseguiria mais uma vitória tranquila.

Só parecia. Conforme os minutos foram passando, o jogo foi ficando truncado. Apesar de o Sport não ter assustado em nenhum momento durante toda a primeira etapa, os santistas já não conseguiam criar jogadas como no início. Com o quinteto ofensivo pouco inspirado, as coisas foram se complicando para o Santos.

Quando a bola rolou para o segundo tempo, já deu para ver um Leão mais ousado. Aos pouquinhos os pernambucanos começavam a chegar na meta de Aranha, que fez algumas boas defesas. E a melhor chance do Peixe veio com Leandro Damião. Após ótima jogada de Thiago Ribeiro, o centroavante bateu para fora com o gol livre. Aliás, mais uma má partida da principal contratação da temporada.

Mas o baque veio mesmo aos 27. A defesa santista dormiu e Neto Baiano, sozinho, só teve o trabalho de encostar o pé na bola e correr para o abraço.

Mesmo jogando mal, o Peixe conseguiu dar a resposta sete minutos depois. Depois de bate-rebate, Geovânio bateu cruzado e Gabriel mandou de cabeça para as redes. Apesar do empate quase que imediato, o Santos não conseguiu a virada e começa a competição nacional tropeçando dentro da Vila Belmiro.

Próximos jogos

O Peixe agora volta a jogar pelo Brasileirão no próximo sábado, contra o Coritiba, às 18h30, no Couto Pereira. Já o Sport recebe a Chapecoense na Ilha do Retiro, no domingo, às 18h30.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 1 SPORT

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/Hora: 20/4/2014 – 18h:30
Árbitro: Arílson Bispo da Anunciação (BA)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Público e renda: Público: 7.964 pagantes/ Renda: R$ 142.391,00.
Cartões amarelos: Rodrigo Mancha (SPO); Jubal (SAN)
GOLS: Neto Baiano, aos 27'/2ºT (0-1), Geuvânio, aos 34'/2ºT (1-1)

SANTOS: Aranha, Cicinho, Neto (12’/2º T), David Braz, Mena, Arouca (Alan Santos, 19’/2º T), Cícero, Gabriel, Geuvânio, Thiago Ribeiro (Lucas Lima, 32’/2º T e Leandro Damião. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

SPORT: Magrão, Patric, Ferron, Durval, Renê, Rodrigo Mancha, Eweton Páscoa (Rithely, 11'/2ºT), Renan Oliveira, Wendel (Ananias,19'/2ºT) , Felipe Azevedo e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Batista