icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/03/2014
23:18

A estratégia é a mesma, mas a torcida é para que o resultado seja diferente. A exemplo do que fez no Equador no dia 28 de janeiro, véspera da partida contra o Deportivo Quito, pela primeira fase da Copa Libertadores, o técnico Eduardo Hungaro priorizou o treinamento de bolas paradas, seja em escanteios ou faltas próximas a grande área, em atividade realizada na na Ciudad Deportiva Carlos Perez Perasso, em Guayaquil. 

A ideia da comissão técnica é preparar o elenco para o jogo na altitude, na quarta-feira, contra o Independiente del Valle, em Sangolquí, às 19h45. Apesar de ter passado para a fase de grupos, o Alvinegro foi derrotado pelo Deportivo por 1 a 0, no estádio Atahualpa.

Hungaro também comandou uma atividade em campo reduzido, de ataque contra defesa. O meia Jorge Wagner, um dos responsáveis por levantar a bola na área no treinamento, afirmou que a equipe aprendeu bastante na primeira passagem pelo Equador.

- Tiramos lições do primeiro jogo que fizemos no Equador e vamos aproveitar o que aprendemos para esse jogo. O resultado positivo pode encaminhar a nossa classificação - disse o camisa 10 alvinegro, após a atividade.