icons.title signature.placeholder Luiz Carlos Ferreira*
icons.title signature.placeholder Luiz Carlos Ferreira*
25/07/2013
16:57

Primeira etapa do Rali dos Sertões, o prólogo ocorreu nesta quinta-feira, em Goiânia (GO), já dando indícios de disputa equilibrada pelo título nas motos e com surpresa nos carros. Campeão no ano passado na categoria T1-FIA, o francês Stéphane Peterhansel foi superado por Marcos Baumgart, que cumpriu o percurso em 2m06, dois minutos a menos que o 11 vezes campeão do rali Paris-Dakar, que foi o sétimo do dia.

Vice-campeão em 2012, Guiga Spinelli fez o terceiro tempo (2m10), enquanto o segundo foi Cristian Baumgart (2m08). Os oito melhores dos carros garantiram vaga no Super Prime, que definirá as duas primeiras colocações. Nas motos, o espanhol Marc Coma, vencedor em 2010, fez o nono tempo, com 1m59. Outro favorito, o francês Cyril Despres foi o quarto (1m55). Os três primeiros foram Paulo Gonçalves e Nielsem Bueno, ambos com 1m52, e Michael Metge (1m54). Se classificam os 16 melhores nesta categoria.

Nos quadriciclos, o líder foi Marcelo Medeiros, que cravou 2m07. Pablo Copetti (2m09) e o polonês Rafal Sonik (2m10) foram os outros dois melhores tempos. Nas UTVs, os três principais foram Carlo Collet (2m09), Marcos Regadas e Carlos Ambrosio, os dois últimos com 2m13. Já Edu Piano superou Guido Salvini nos caminhões, com 3m26 contra 3m37.

*O repórter viaja a convite da organização

Primeira etapa do Rali dos Sertões, o prólogo ocorreu nesta quinta-feira, em Goiânia (GO), já dando indícios de disputa equilibrada pelo título nas motos e com surpresa nos carros. Campeão no ano passado na categoria T1-FIA, o francês Stéphane Peterhansel foi superado por Marcos Baumgart, que cumpriu o percurso em 2m06, dois minutos a menos que o 11 vezes campeão do rali Paris-Dakar, que foi o sétimo do dia.

Vice-campeão em 2012, Guiga Spinelli fez o terceiro tempo (2m10), enquanto o segundo foi Cristian Baumgart (2m08). Os oito melhores dos carros garantiram vaga no Super Prime, que definirá as duas primeiras colocações. Nas motos, o espanhol Marc Coma, vencedor em 2010, fez o nono tempo, com 1m59. Outro favorito, o francês Cyril Despres foi o quarto (1m55). Os três primeiros foram Paulo Gonçalves e Nielsem Bueno, ambos com 1m52, e Michael Metge (1m54). Se classificam os 16 melhores nesta categoria.

Nos quadriciclos, o líder foi Marcelo Medeiros, que cravou 2m07. Pablo Copetti (2m09) e o polonês Rafal Sonik (2m10) foram os outros dois melhores tempos. Nas UTVs, os três principais foram Carlo Collet (2m09), Marcos Regadas e Carlos Ambrosio, os dois últimos com 2m13. Já Edu Piano superou Guido Salvini nos caminhões, com 3m26 contra 3m37.

*O repórter viaja a convite da organização