icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/02/2015
08:00

Os dois gols de Fred diante do Nova Iguaçu não surpreenderam a comissão técnica do Fluminense. O bom início de temporada do camisa 9 tem a ver com o trabalho de prevenção criado pela preparação física, em parceria com o setor de fisioterapia do clube. Todo ele voltado para ter o jogador o maior número de jogos possível e no melhor nível também.

Em Orlando, local da pré-temporada tricolor, Fred não participou de nenhum dos dois jogos da Florida Cup, contra os alemães Bayer Leverkusen e Colônia. Por já ter uma idade considerada avançada para o futebol (31 anos) e um grande histórico de lesões, o atacante requer cuidados especiais. Como não estava 100% fisicamente naquele momento, a comissão optou por não utilizá-lo. Após os dois jogos do Campeonato Carioca, parece que a decisão tomada foi correta.

– Existem jogadores que para chegar na forma ideal, precisam de um trabalho específico. O Fred é um deles. Ano passado ele terminou a temporada muito bem, depois da preparação que fizemos com ele após a Copa do Mundo. Agora foi assim. Lá nos Estados Unidos, seria um risco grande ele jogar, por causa do histórico de lesões. Desde a temporada passada, conseguimos mantê-lo bem, fazendo gols. Contra o Nova Iguaçu, ele teve boa movimentação e a tendência é melhorar – explica o técnico Cristovão Borges, satisfeito com o desempenho do jogador.

Para a temporada 2015, Fred mudou um hábito, durante as férias. Nos anos anteriores, ele sempre iniciava um treinamento físico com um preparador particular, cerca de dez dias antes da reapresentação. Como 2014 foi um ano em que ele teve grande carga de jogos, participou de uma Copa do Mundo e não teve lesões, repousou mais durante os dias de folga. Com isso, os músculos descansaram o tempo considerado ideal até o retorno das atividades, no dia 10 de janeiro.

O resultado desta atenção especial com o atacante foi a artilharia do Campeonato Brasileiro no ano passado e o bom início de temporada, com dois gols, em três jogos. De contrato renovado até 2018 e motivado em bater novas marcas pelo Tricolor, a torcida espera que a rede continue a balançar.