icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/11/2013
08:32

A paciência da torcida do Botafogo está no limite. Vendo o time cair de produção no returno do Campeonato Brasileiro e com a vaga na Copa Libertadores do ano que vem cada vez mais ameaçada pela boa fase de Goiás e Vitória, os alvinegros protestaram contra o time na última segunda-feira, no Aeroporto do Galeão e no Engenhão. E a partida contra a Portuguesa, nesta quarta, no Maracanã, às 21h, é tida como o ponto de retomada do Glorioso nas quatro linhas. Caso contrário, os protestos deverão continuar.

Pelo lado paulista, a Lusa precisa de uma vitória para ficar mais tranquila na tabela do Brasileirão e cada vez mais longe do rebaixamento.

SEEDORF ELOGIA A PORTUGUESA

No dia seguinte aos protestos, o camisa 10 Seedorf pediu a palavra e concedeu entrevista coletiva. Dentre os assuntos abordados, ele foi questionado se o fato da Portuguesa estar brigando na parte de baixo da tabela facilitaria as coisas para o Botafogo. O holandês negou e garantiu que o time rubro-verde é tão forte como qualquer outro no futebol brasileiro.

- Nossa responsabilidade é a mesma. Não tem time fraco no Brasil. Todos podem ganhar de todos. Eles fizeram um grande jogo contra o Grêmio. Também foram bem contra nós no primeiro turno, especialmente no primeiro tempo - garantiu o apoiador.

Sem problemas de suspensão ou lesão, o técnico Oswaldo de Oliveira repetirá a escalação que foi derrotada para o Internacional, por 2 a 1, no último domingo. Essa "façanha" não era alcançada desde a 12ª rodada.

WILLIAN ARÃO NÃO QUER SABER DOS PROBLEMAS DO BOTAFOGO

Mantido entre os titulares pelo técnico Guto Ferreira, Willian Arão espera que a Portuguesa faça uma grande exibição no Maracanã e volte a São Paulo com os três pontos na bagagem.

- O Guto vai saber montar a equipe da melhor forma para que enfrentemos o Botafogo lá. Eles têm alguns problemas, mas não temos que pensar nisso. Vamos pra lá pensando em fazer o nosso jogo - afirmou o volante.

A Portuguesa recebeu uma péssima notícia para reta final de Campeonato Brasileiro. Por determinação da Polícia Militar, o estádio do Canindé foi interditado temporariamente. Isso porque, os laudos técnicos expiraram e o clube rubro-verde não os renovaram. A informação foi divulgada por meio de uma nota da Federação Paulista de Futebol na última terça-feira.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X PORTUGUESA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 13/11/2013 - 21h (de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Pablo Almeida da Costa (MG)

BOTAFOGO: Jefferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos e Gabriel; Gegê, Seedorf e Rafael Marques; Elias - Técnico: Oswaldo de Oliveira.

PORTUGUESA: Lauro, Luis Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Willian Arão, Bruno Henrique, Moisés e Souza; Diogo e Gilberto - Técnico: Guto Ferreira.