icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
08:30

Antes, psicologicamente pressionado. Agora, tranquilo e motivado. Foi assim que o Flamengo desembarcou na manhã desta quinta-feira, no Rio de Janeiro, após a sofrida vitória sobre o Emelec (EQU), em Guaiaquil, pela Libertadores. Alheio à pressão que lhe causava desconforto, o elenco rubro-negro desfruta da confiança causada pelo primeiro triunfo fora de casa na competição internacional.

Personificação deste bom momento psicológico do Rubro-Negro, o atacante Alecsandro, autor do primeiro gol da vitória na quarta-feira, esbanja segurança ao falar do atual momento do time. De acordo com o centroavante, os jogadores, enfim, entenderam que estão defendendo o Flamengo dentro de campo.

E MAIS
- Sem clube, Renato confia em classificação do Fla na Libertadores
- Xô, pressão! Vitória sobre o Emelec dá tranquilidade ao Flamengo

– Eu visto a camisa do Flamengo, já demostrei meu carinho pelo clube. Já sabemos até o hino: "Uma vez Flamengo, sempre Flamengo!". Falei durante a semana que tínhamos de nos impor. As conversas deram resultado e, felizmente, colhemos o fruto dentro de campo – exaltou o centroavante rubro-negro, que ainda complementou a análise:

– Nada melhor do que uma resposta para nós, jogadores, pois esta vitória mostra que nosso grupo é forte e tem condições de fazer um bom papel neste ano.

Outro protagonista do jogo em Guaiaquil, Paulinho endossa o discurso do companheiro Alecsandro. Para o atacante, que fez o segundo gol do time da Gávea, a vitória conquistada nos acréscimos do segundo tempo resume o espírito da equipe rubro-negra.

– Isso aqui é Flamengo. Vencer aos 47 minutos, com raça, é melhor ainda – comentou o jogador.

O bom momento psicológico do time, agora, se une ao ótimo retrospecto que o Fla tem diante do Vasco em finais. Resta saber se esses fatores irão pesar na decisão de domingo.