icons.title signature.placeholder Alexandre Braz
14/04/2014
20:42

O presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, esteve no Engenhão, na tarde desta segunda-feira, para uma reunião com o elenco alvinegro. Em pauta as recentes mudanças pelas quais está passando o departamento de futebol do clube e os salários atrasados - há quase dois meses. O mandatário não falou com os jornalistas. Quem fez isto foi o gerente técnico Sidnei Loureiro, que, em entrevista coletiva, comentou os assuntos tratados no encontro. Segundo ele, mais uma vez, a diretoria não pôde se comprometer junto ao jogadores com uma data para quitar os débitos. 

- O presidente disse que estamos trabalhando para resolver, mas que não podemos dar uma data exata. Eles (jogadores) entenderam. Na semana passada já havíamos conversado sobre isto também. Em breve resolveremos - prometeu Sidnei Loureiro.

Além da saída do técnico Eduardo Hungaro - que voltou a ser auxiliar -, o Botafogo demitiu outros seis funcionários da comissão técnica, dentre eles os preparadores físicos Ricardo Henriques e seu auxiliar, Paulo Camello, e o preparador de goleiro Flavio Tenius. Segundo Sidnei Loureiro, a reunião desta tarde, que durou cerca de uma hora e meia, já estava prevista desde a semana passada.

- Todos sabíamos que teríamos esta conversa. Em toda mudança de ciclo, é importante que eles (jogadores) saibam o que está se passando. Depois que o presidente terminou a reunião, eu também fiquei com eles um pouco - disse Sidnei.