icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
21/08/2015
11:35

A tentativa de homicídio sofrida pelos atletas do Juventude, Maílson e Jô, não passou em branco pelo presidente do clube gaúcho, Raimundo Demore. Em entrevista nesta sexta-feira ao "Zero Hora", o dirigente lamentou o incidente, e mostrou confiança na solução do caso por parte das autoridades:

- Ficamos perplexos. Não esperávamos nunca uma atitude dessas e agora o caso está entregue às autoridades policiais. Deixamos que eles verifiquem o que aconteceu. Vamos dar todo o suporte para os jogadores.

E MAIS
> Jogadores do Juventude sofrem tentativa de homicídio

Questionado sobre a presença dos jogadores no duelo contra o Guarani, neste sábado, no Brinco de Ouro da Princesa, Demore foi reticente. A partida vale pela 13ª rodada da Série C:

- Vamos analisar e ver o que acontece. No retorno, vamos sentar e conversar de novo. O Juventude tem de dar o apoio moral, ficar do lado deles. São atletas titulares e muito importantes para o clube. E isso nos preocupa.

Os jogadores suspeitam de uma retaliação de torcedores do Caxias, sobre o clássico Ca-Ju, ocorrido há duas semanas.

A tentativa de homicídio sofrida pelos atletas do Juventude, Maílson e Jô, não passou em branco pelo presidente do clube gaúcho, Raimundo Demore. Em entrevista nesta sexta-feira ao "Zero Hora", o dirigente lamentou o incidente, e mostrou confiança na solução do caso por parte das autoridades:

- Ficamos perplexos. Não esperávamos nunca uma atitude dessas e agora o caso está entregue às autoridades policiais. Deixamos que eles verifiquem o que aconteceu. Vamos dar todo o suporte para os jogadores.

E MAIS
> Jogadores do Juventude sofrem tentativa de homicídio

Questionado sobre a presença dos jogadores no duelo contra o Guarani, neste sábado, no Brinco de Ouro da Princesa, Demore foi reticente. A partida vale pela 13ª rodada da Série C:

- Vamos analisar e ver o que acontece. No retorno, vamos sentar e conversar de novo. O Juventude tem de dar o apoio moral, ficar do lado deles. São atletas titulares e muito importantes para o clube. E isso nos preocupa.

Os jogadores suspeitam de uma retaliação de torcedores do Caxias, sobre o clássico Ca-Ju, ocorrido há duas semanas.